Prefeitura distribui alimentação saudável para mais de 1,8 mil alunos

Município: Taquari

Cardápios são criados para suprir as necessidades nutricionais dos estudantes CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Cardápios são criados para suprir as necessidades nutricionais dos estudantes CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A prefeitura, através da secretaria de Educação, garante refeições saudáveis a mais de 1,8 mil alunos da rede municipal de ensino, entre Educação Infantil e Fundamental. A nutricionista da pasta, Vanderleia Machado, que é responsável por formular a alimentação das crianças, monta cardápios de modo a suprir as necessidades nutricionais dos estudantes, dos macro aos micronutrientes entre todos os grupos alimentares. As refeições seguem também as normas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o qual destina valores suplementares às contrapartidas do município para a aquisição dos alimentos.
Uma das preocupações da administração, além de garantir toda a variedade de nutrientes necessária, é oferecer refeições adequadas de acordo com a faixa etária dos alunos. Para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), é formulado um cardápio que prevê duas refeições diárias diferentes, uma por turno. Já para as Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) são formulados dois cardápios, que incluem entre quatro a cinco refeições diárias, para o turno integral e que são distintos de acordo com o nível de desenvolvimento das crianças. Para os alunos que já possuem um sistema digestivo preparado, são oferecidos todos os tipos de alimentos, já para os mais novos, com apenas meses de vida, as refeições são especiais, com ênfase na sua consistência. Elas recebem papinha de frutas, salgadas, e os alimentos são introduzidos em sua alimentação de forma a auxiliar seu desenvolvimento.
De acordo com a nutricionista Vanderleia Machado, essa atenção é fundamental para a saúde infantil. “Preparamos os alimentos de acordo com o sistema digestivo da criança. Isso é muito importante, pois, se elas ingerirem algum alimento que ainda não estão preparadas para digerir adequadamente, podem ocorrer problemas de inchaço da barriga ou indigestão”, salientou.
A distribuição dos alimentos acontece de acordo com a sua perecibilidade, isto é, sua capacidade de conservação. Provisões como hortifruti são distribuídas semanalmente em todas as escolas municipais. Inclusive, dentro do campo dos vegetais, frutas e hortaliças, dois produtores rurais de Taquari mantém parceria com o município e entregam sua produção diretamente nas escolas, de modo a também atender as demandas de participação da Agricultura Familiar na alimentação escolar. Já com os alimentos não perecíveis, como achocolatados e grão, as entregas são feitas nos educandários uma vez por mês.
Outro ponto importante da alimentação escolar é que o município responsabiliza-se não apenas pelos alunos que estudam em suas dependências físicas. Recentemente, ao assumir a Educação Infantil em duas escolas estaduais, mais especificamente na Escola Leite Costa e na Dr. Antônio Porfírio Menezes Costa, a secretaria de Educação assumiu também a alimentação das crianças e professores dessas turmas.