Projeto busca promover a leitura à comunidade de Padilha em Taquara

Município: Taquara

Geladeiraoteca foi colocada na praça junto à Unidade Básica de Saúde CRÉDITO: MAGDA RABIE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Geladeiraoteca foi colocada na praça junto à Unidade Básica de Saúde CRÉDITO: MAGDA RABIE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Com o objetivo de levar à comunidade padilhana uma nova alternativa de disseminar e motivar a leitura, foi desenvolvido, pelo Lar Padilha, o Projeto Geladeiraoteca. Hoje, quem passar pela Praça da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Padilha, no interior de Taquara, vai se deparar com uma geladeira (antes entre as sucatas) totalmente modificada e revitalizada, repleta de livros e obras de escritores renomados, alguns títulos antigos, outros contemporâneos, disponíveis à troca e à propagação do conhecimento de crianças, adultos e idosos. A intenção é que as pessoas usem a Geladeiraoteca para trocar o livro que não querem mais por outro, expandindo e ampliando o saber.
A partir de iniciativas parecidas, realizadas em outros municípios do País, o educador social do Lar Padilha Patrick Moura acreditou na possibilidade de desenvolver o projeto também no distrito de Padilha. Foram dias até que a geladeira enferrujada desse lugar a um espaço para semear a leitura, a literatura e a solidariedade, conforme conta o educador social.
“A ideia da Geladeiraoteca já existe, mas, no lar e na Padilha, nunca havia sido feita. Assim, pensamos em aproveitar a oficina de artesanato, e, com a participação das crianças e adolescentes acolhidos na entidade, contemplar a comunidade e os visitantes da região com o projeto, além de promover a solidariedade entre eles e a comunidade”, destaca Moura. Ele lembra que, semanalmente, será feita assistência na Geladeiraoteca e que será instalada uma proteção para que a geladeira não molha em dias de chuva, além da colocação de adesivos para chamar mais atenção dos moradores.
Com essa ação acontecendo, o Lar Padilha e a comunidade se integram e se unem ainda mais, conforme revela o diretor da entidade, Fernandes Vieira dos Santos. “É uma ideia que merece muito destaque, pois abrange muitos conceitos que fazem parte dos objetivos do lar, como a integração com a comunidade, a disseminação da leitura e a participação dos acolhidos nas atividades de caráter solidário. Esperamos que a comunidade acolha e receba com carinho o projeto”, menciona Santos.
A coordenação e a equipe da UBS de Padilha foi receptiva ao projeto. “Acho muito importante a iniciativa, é uma parceria entre o lar e a comunidade que propõe incentivar a leitura, disponibilizar um momento de descontração, de integração. Somos, com certeza, apoiadores do projeto”, menciona a coordenadora da UBS, Barbara Tamara Belotto.
A técnica de enfermagem Jéssica Francieli Peters Modinger destaca a relevância da ação. “O projeto é muito interessante, principalmente por aproximar o lar da comunidade e incentivar o ato de leitura aos moradores, pois muitos buscam na leitura a cura de alguma doença, como a depressão, por exemplo. Vamos divulgar o projeto aos nossos pacientes e usuários para que todos participem e colaborem”, reitera.
O departamento de Cultura de Taquara apoiará a iniciativa com a doação de livros e revistas, segundo menciona o diretor de Cultura, Paulo Antônio Wagner de Oliveira. “Todo projeto que proporcione ao cidadão mais leitura, mais cultura, mais educação, sempre terá o nosso apoio. Parabéns ao Lar Padilha e, principalmente, ao educador Patrick, pela iniciativa de trabalhar o projeto com as crianças”, salientou Oliveira.
Todos os livros destinados ao Projeto Geladeiraoteca são doações. Quem quiser colaborar com a iniciativa e, doar livros, revistas e gibis, pode entregar no Lar Padilha, na UBS de Padilha, no Centro de Defesa Lar Padilha (rua Marechal Floriano, nº 959, Centro) ou na diretoria de Cultura, junto à Biblioteca Pública Municipal, no centro administrativo (rua Tristão Monteiro, nº 1.339), ou entrar em contato pelos telefones (0xx51) 3542-9146 ou 99901-9901.