Capacitar para Incluir qualificará cerca de 600 pessoas em Taquara

Município: Taquara

Projeto do é uma parceria do Senac e da prefeitura, através da secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Habitação CRÉDITO: MAGDA RABIE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Projeto do é uma parceria do Senac e da prefeitura, através da secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Habitação CRÉDITO: MAGDA RABIE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Teve início, na última quinta-feira, o Projeto Capacitar para Incluir, uma parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Taquara e da prefeitura, por meio da secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Habitação. O projeto visa proporcionar às pessoas cadastradas no Programa Bolsa Família qualificações para a integração ao mercado de trabalho. A ideia é que toda a família participe, sendo destinados cursos para crianças e adultos, a partir dos oito anos. Serão proporcionados 10 workshops motivacionais e oito cursos de capacitação, simultaneamente, até dezembro deste ano, prevendo a participação de cerca de 600 pessoas, com entrega de certificados a todos. O próximo encontro será no dia 20 de julho, com o workshop Como elaborar meu currículo?
Segundo a coordenadora do Cadastro Único de Taquara, Clarice Quadros, o investimento de R$ 28 mil, que suprirá o convênio entre prefeitura e Senac advém do Índice de Gestão Descentralizada Municipal (IGDM) Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social. “Este recurso é justamente para aplicarmos na qualificação e na capacitação das famílias para o mercado de trabalho. Por isso, escolhemos o Senac, que é uma entidade profissional que vai ao encontro do que estimamos”, revela, lembrando que há famílias inteiras participando. “Estamos surpresos com a demanda, temos um caso em que a mãe se inscreveu para o curso de doméstica; a filha, para o de recepcionista; e o filho, para o curso de informática”, comemora Clarice.
O primeiro encontro, promovido no dia 5 de julho, com o workshop Como alcançar seus objetivos?, foi ministrado pela psicóloga e professora do Senac Angela Cândido. “Os workshops serão motivacionais com o intuito de incentivar as pessoas a participarem dos cursos de qualificação, bem como auxiliar na escolha do curso, oferecendo dicas para manterem o foco, irem atrás dos seus sonhos, do objetivo de vida”, destaca Angela.
Keila Copes Rodrigues, diretora do Senac de Taquara, observa que todos os cursos foram selecionados exclusivamente para o projeto. “Os workshops e os cursos foram pensados com muito carinho, com muito planejamento, com professores conceituados, para que todos possam vir a ter um destaque no mercado de trabalho, serem profissionais ainda mais qualificados”, menciona Keila. Satisfeito com a representatividade e aceitação da comunidade, o secretário municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, Anildo Araújo, agradeceu a participação, destacando o ensejo do prefeito, Tito Livio Jaeger Filho, e do vice-prefeito, Hélio Cardoso Neto, para que o projeto fosse desenvolvido.
“Este é o primeiro de uma série de cursos planejados a pedido do Executivo municipal, ainda no ano passado. Em parceria com o Senac, fizemos um planejamento em cima da busca de cursos sugeridos pela comunidade para que realmente houvesse participação. Nosso propósito é que (as pessoas) aproveitem, que (o curso) traga uma qualificação a mais do que já sabem fazer, que ajude a ingressarem no mercado de trabalho, quem sabe até desenvolverem uma microempresa. Ter uma qualificação será um passo a mais na vida de todos”, afirma o secretário Araújo.
O Projeto Capacitar para Incluir disponibilizará 10 workshops e oito cursos de qualificação, estes com carga horária entre 20 horas e 30 horas. Os workshops são Como alcançar seus objetivos; Como elaborar meu currículo; Marketing pessoal; Mídias digitais; Pais e escola juntos na tarefa de educar; Liberdade – Conceitos e restrições; O sucesso é uma jornada contínua; Preparando-se para o primeiro emprego; Educação financeira criativa; e Comunique-se com sucesso. Os cursos de qualificação são Excelência no atendimento para garçom; Atendente e recepcionista; Informática fundamental (dos oito aos 10 anos); Informática fundamental para o trabalho (dos 14 aos 24 anos); Preparando-se para o primeiro emprego (dos 14 aos 18 anos); Técnicas básicas de manicure; Técnicas básicas para cozinha; e Empregada doméstica.