Piso do Centro de Cultura de Sapiranga passará por reforma neste ano

Município: Sapiranga

Espaço, que, nos últimos anos, já recebeu melhorias, vai ganhar um novo carpete CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SAPIRANGA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Espaço, que, nos últimos anos, já recebeu melhorias, vai ganhar um novo carpete CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SAPIRANGA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A prefeitura, por meio da secretaria municipal de Educação, Cultura e Desporto, realizará mais uma etapa da obra de reformas estruturais do Centro Municipal de Cultura Lúcio Fleck, que, neste ano, completa 30 anos da sua inauguração. A troca do carpete da casa cultural terá início neste mês, com previsão de entrega do espaço em fevereiro. Neste período, a casa cultural ficará fechada para shows e eventos.
“O nosso Centro de Cultura sempre foi uma referência da cidade, e, neste ano do seu 30º aniversário, é importante valorizar este importante espaço cultural de Sapiranga”, destaca a prefeita, Corinha Molling. Em 2016 e 2017, o Centro Municipal de Cultura recebeu investimentos do município para trabalhos efetivos de renovação na estrutura, boa parte deles para contemplar as exigências do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI).
Foram feitas reformas no telhado (através da pintura e da substituição das telhas na parte que compõe a sala do auditório), no forro e na parte elétrica que envolve a casa de espetáculos (fios, tomadas e disjuntores), além da troca da estrutura do palco. A renovação do forro no auditório e no saguão contou com a colocação de manta térmica e forro de lã de vidro. Com espaço remodelado para um público de 500 pessoas, o patrimônio cultural da Cidade das Rosas estará equipado para receber shows, exposições, peças de teatro, espetáculos de dança, entre outras atividades culturais, valorizando a diversidade artística.
Inaugurado em 27 de outubro de 1988, o Centro Municipal de Cultura Lúcio Fleck já recebeu, nestes 30 anos, as mais variadas manifestações artísticas e culturais, como teatro, dança, música, cinema, artes plásticas e exposições, além de workshops, seminários, palestras, cursos e concursos. O espaço ainda conta com um amplo palco. No hall, ocorrem variadas mostras, com uma ampla sala nobre em espaço paralelo.
A denominação Centro Municipal de Cultura Lúcio Fleck foi oficializada pela Lei Municipal nº 2.673, de 23 de agosto de 2000, em homenagem ao professor Lucio Fleck, autor dos livros A história de Sapiranga, Sereis minhas testemunhas e A saga do vale. Fleck faleceu em 22 de maio de 2010, aos 91 anos.