Prefeitura investe na criação de propriedades e de hortas sustentáveis em São Borja

Município: São Borja

Incentivos como a doação de sementes e assistência técnica fazem parte da iniciativa, que pretende levar mais alimentos para a mesa dos agricultores CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO BORJA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Durante o primeiro semestre de 2014, a prefeitura, por intermédio da secretaria municipal de Desenvolvimento Rural, distribuiu gratuitamente em torno de mil kits de sementes. A ação é uma continuidade do Programa Municipal de Doação de Sementes, criado em 2013, em que duas vezes por ano são entregues kits às pessoas da agricultura familiar, visando a incentivar a criação de hortas.

O objetivo do programa é o auto-sustento, levando para a mesa dos agricultores mais alimentos. Neste sentido, a secretaria de Desenvolvimento Rural está auxiliando escolas do interior, comunidade, presídio municipal, Cras Arneldo Matter e o Grupo Infantil de Apoio ao Meio Ambiente (Giama), na criação de hortas. Além da doação de sementes, a equipe da secretaria auxilia também na assistência técnica para a elaboração dos projetos.

Ainda na busca pelo auto sustento das famílias do campo, a prefeitura dá continuidade ao Programa Frango Rural, repassando por mês em torno de 3 mil aves aos pequenos produtores, com valor abaixo do encontrado no mercado. Também é incentivada a criação de pomares com repasse de mudas frutíferas, ornamentais e silvestres.

Ações desenvolvem a agricultura familiar

Em parceria com os governos do Estado, federal e a Emater, a prefeitura têm buscado, por intermédio de convênios, aderir a programas e projetos que beneficiem o homem do campo. Também tem adquirido equipamentos e prestado assistência técnica. Durante o primeiro semestre de 2014, a secretaria municipal de Desenvolvimento Rural, pasta responsável pelo setor agropecuário, realizou diversas ações voltadas ao setor e que, de acordo com o prefeito Antonio Carlos Almeida, devem ser valorizadas e potencializadas.

Entre as atividades realizadas está o trabalho de acompanhamento das patrulhas agrícolas de Samburá, Mercedes, Timbaúva, São Marcos, Agrovila Conde de Porto Alegre, Associação dos Agricultores Urbanos, Nhú-Poleite. Além da Patrulha Itinerante da prefeitura, denominada Lavra Comunitária, que atende a 410 agricultores de várias localidades do município, a qualificação na distribuição de água para as comunidades do interior, substituição de 4.500 metros de tubulações deficientes, manutenção e assistência técnica da parte elétrica em redes de várias localidades, instalação de bombas d’água e caixas d’água, perfuração de poços artesianos, serviços de retroescavadeira para cascalhamento de mangueiras e limpeza de açudes também fazem parte das ações deste semestre.