Obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo têm início

Município: Novo Hamburgo

Ordem para o começo dos trabalhos foi assinada na última segunda-feira pela prefeita Fátima Daudt CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Ordem para o começo dos trabalhos foi assinada na última segunda-feira pela prefeita Fátima Daudt CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Na última segunda-feira, dia 14, a prefeita Fátima Daudt assinou a Ordem de Início de Serviços das obras do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), que prevê a revitalização da área central da cidade. Esta fase inicial compreende a avenida Nações Unidas, nos cruzamentos entre as ruas Joaquim Nabuco, Lima e Silva e Cinco de Abril. “Estas mudanças trarão benefícios para toda a comunidade. Nosso objetivo é entregar à população uma cidade eficiente, segura e com visão de futuro”, destacou a prefeita, que acompanhou de perto o início dos trabalhos.
O projeto, que conta com recursos do BID, vai significar um novo momento para a cidade. Segundo o vice-presidente de Comércio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Novo Hamburgo, Natalino Conci, a revitalização é um verdadeiro presente aos hamburguenses. “O povo germânico gosta de construções bonitas e bem feitas e é isso que teremos. A cidade carecia de agendas positivas e a prefeitura está mostrando uma organização exemplar para essas boas notícias”, observou Conci.
Já para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Gilberto Kasper, Novo Hamburgo é uma das poucas cidades do Estado com um investimento de grande porte como este, especialmente nas áreas da indústria e comércio. “Estamos otimistas com o resultado desta obra. Teremos que nos adaptar por algum período em função das mudanças, porém vislumbramos períodos de grande desenvolvimento após o término do programa”, destacou Kasper.
A comerciante Berê Fritsch, que há 20 anos possui sua loja de variedades na avenida Nações Unidas, acompanhou o início das obras. “Já passamos por diversas mudanças. A última vez foi com a vinda do trem e, apesar de termos que nos adaptar por um tempo, hoje estamos bem satisfeitos com a movimentação. Acredito neste projeto e já estou ansiosa para ver esse espaço com nova sinalização, iluminação e redes de drenagem.” Na última sexta-feira, a loja de Berê foi uma das visitadas pela equipe da prefeitura que esteve nos estabelecimentos para informar sobre o início das obras. A ação foi coordenada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues.
Também está contemplado no projeto a revitalização da Praça do Imigrante, que será dividida em quatro partes: Setor A, no trecho limite com a rua Lima e Silva, com reforma do palco e chafariz; Setor B, com trecho caracterizado pelo calçamento em Pedra Portuguesa; Setor C, com o trecho caracterizado pela reforma dos banheiros públicos e implantação de academia ao ar livre; e Setor D, com a reforma dos espaços de lanchonetes e café, com implantação de praça infantil.
Ainda entre as obras do Centro, o Calçadão Osvaldo Cruz receberá melhorias. A revitalização será dividida em duas partes. O trecho central, que é uma faixa com nove metros de largura compreendendo todo comprimento do calçadão, receberá uma rede subterrânea para alimentação da iluminação e seu pavimento será com piso permeável, diferente do pavimento usado nas laterais. Já o trecho lateral receberá redes de água e esgoto sanitário, além de ser pavimentado com blocos de concreto.