Trabalho multidisciplinar produz audiovisuais sobre educação em Lajeado

Município: Lajeado

Iniciativa incentiva a troca de conhecimentos entre áreas na Univates CRÉDITO: ANA AMÉLIA RITT/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Iniciativa incentiva a troca de conhecimentos entre áreas na Univates CRÉDITO: ANA AMÉLIA RITT/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A proposta de trabalhar com três cursos diferentes, que surgiu no início do semestre, se tornou um desafio que envolve 85 alunos das disciplinas de Educomunicação (dos cursos de Publicidade e Propaganda e Jornalismo), Seminário I – Educação e Cinema (Pedagogia) e Produção de Audiovisuais e Multimídia para a Internet (Técnico em Comunicação Visual). Após apresentar às turmas a ideia, os alunos foram divididos em grupos que se encontram semanalmente para planejar e finalizar um vídeo, com cerca de três minutos, sobre um tema que envolva a educação.
A interdisciplinaridade é uma novidade para os cursos e, conforme a professora de Pedagogia Tânia Miorando, tem envolvido todos os alunos na busca dos melhores resultados. “A conversa entre as áreas na formação profissional é muito importante. A Educação discute muito sobre as tecnologias, especialmente as tecnologias digitais visuais, e pela linguagem do cinema teríamos uma ótima oportunidade para conversarmos com quem trabalhará profissionalmente com essa linguagem”, afirma. Tânia completa que muitos dos estudantes de Pedagogia já estão em sala de aula, mas a oportunidade traz mais uma provocação. “Olhar para as crianças através de uma câmera e depois os acadêmicos se olharem e pensarem sobre sua profissão e a responsabilidade que levam em sua função”, explica.
Para a estudante do curso técnico em Comunicação Visual Évelin Stachovski esse é um momento em que pessoas de diferentes cursos podem expressar seus diferentes talentos, “juntando todos eles e trabalhando em grupo para chegar a uma conclusão”. A acadêmica considera importante o compartilhamento entre cursos diferentes. “Essa troca de ensinamentos acrescenta muito no nosso dia a dia, para que a gente consiga trabalhar em grupo no mercado de trabalho”, completa.
Os audiovisuais estão sendo produzidos pelos estudantes e serão exibidos em uma mostra na metade final de abril. Os temas são O mundo da Língua Brasileira de Sinais (Libras); Alimentação infantil; Diversidade e preconceito; Limitações; Feminismo e suas diversidades; Solidão; Alimentação na universidade; A vida de um universitário; Consumo infantil; Música como objeto de ensino; A experiência dos intercambistas; e O sonho de quilombolas.