Workshop Inclusivo promove momento lúdico a alunos de Gravataí

Município: Gravataí

Atividade ocorreu no dia 29 de novembro e contou com desfile de carros estilizados CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Atividade ocorreu no dia 29 de novembro e contou com desfile de carros estilizados CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O Boulevard do Gravataí Shopping Center virou pista de corrida na tarde de 29 de novembro. Com direito a desfile com os carros estilizados, narração, música e uma torcida que deu exemplo de empolgação, a Corrida Divertida – realizada durante o 6º Workshop Inclusivo, desenvolvido pelo Núcleo de Educação Especial da secretaria municipal da Educação (Smed), oportunizou aos alunos com deficiência do município um momento lúdico com o objetivo de trabalhar a inclusão, incentivar a autonomia e combater atitudes discriminatórias de modo a cultivar sociedades mais acolhedoras e respeitosas.
Além da inclusão, também houve muita emoção. Já era possível flagrar as primeiras lágrimas de familiares, professores e público em geral logo na apresentação das categorias que participaram da brincadeira, que incluíam carrinhos feitos de papelão movidos com os pés, bicicletas e cadeiras de rodas customizadas pilotadas pelos participantes fantasiados de super-heróis e personagens de seriados clássicos do universo infantil.
A corrida foi apenas uma das atividades que aconteceram durante o Workshop Inclusivo. Também houve oficinas interativas realizadas por professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE), contação de história e uma mostra fotográfica com registros dos professores das salas de recursos (ambientes adaptados das escolas do município onde são atendidos alunos com deficiência) durante as atividades realizadas com seus alunos ao longo deste ano. A secretária da Educação Sonia Oliveira diz que é gratificante existir profissionais que se dedicam com tamanho engajamento com a educação inclusiva, elogiando o empenho e dedicação de toda a equipe responsável por concretizar o evento.
Iniciado há seis anos, o Workshop Inclusivo surgiu a partir da necessidade de aproximar comunidade, professores e alunos com deficiência, para integrar e promover trocas de experiências. A atividade é realizada em diferentes formatos a cada edição, ampliando cada vez mais a capacitação e desenvolvimento dos profissionais atuantes na área da Educação Especial. Já foram realizados ciclos de palestras, oficinas para professores e apresentação de relatos de profissionais e familiares, conscientizando cada vez mais pessoas sobre a importância direcionar esforços para a inclusão socioeducativa.
O Núcleo de Educação Especial é a equipe de assessoria do departamento Pedagógico da Smed que trabalha apenas com a educação de alunos com deficiência do município. São realizadas formações, palestras, oficinas e capacitações para professores especializados. As salas de recursos foram criadas pelo governo federal, através do Programa Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais, com o objetivo de disponibilizar às escolas ambientes dotados de equipamentos, mobiliários e materiais didáticos e pedagógicos para a oferta do atendimento educacional especializado a fim de prover condições de acesso, participação e aprendizagem no ensino regular aos alunos com deficiência. O núcleo foi criado por meio da Portaria nº 13, de 24 de abril de 2007. Os municípios indicam escolas para receberem os recursos adquiridos pelo governo federal. Em Gravataí são 43 escolas e cerca de 800 alunos atendidos.