Prefeitura lança quarta edição do Esteio da Poesia Gaúcha

Município: Esteio

Poetas já podem começar a enviar suas obras para o evento CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTEIO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Poetas já podem começar a enviar suas obras para o evento CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTEIO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Quando a noite de 24 de fevereiro de 2018 chegar, Esteio vai se tornar, mais uma vez, ponto de referência no Estado para os apreciadores de versos que abordem a cultura, os costumes, as tradições e a história do Rio Grande do Sul e de seu povo. Nesta data, a Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya sediará a final do 4º Esteio da Poesia Gaúcha, promovido pela secretaria municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Smcel) com apoio da diretoria de Comunicação Social (DCS). O lançamento do festival de poemas inéditos ocorreu na noite de 14 de setembro, durante a Semana Farroupilha de Esteio. Os poetas já podem começar a enviar suas obras.
“O Esteio da Poesia representa a valorização da cultura gaúcha. É um evento que está cada vez maior, e tenho certeza que, neste ano, será uma festa ainda mais bonita, dando mais trabalho para os avaliadores que selecionarão as obras finalistas”, apontou o prefeito Leonardo Pascoal. “Estamos nos empenhando para transformar Esteio não apenas na cidade do trabalho e do progresso, como também na cidade da cultura, das tradições”, destacou. Assim como fez na final do Esteio da Poesia deste ano, Pascoal concluiu seu discurso recitando um poema. Desta vez, o escolhido foi Gaúcho, de Ruben Sofildo da Silva.
O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Figliero, comentou sobre a importância do evento. “O evento coloca Esteio no rol de cidades que valoriza a cultura local. Aproveito para deixar o convite para que os poetas enviem seus trabalhos e para que as pessoas venham assistir à final, em fevereiro”, comentou. Um dos organizadores do festival (junto ao jornalista e servidor público esteiense Djalma Corrêa Pacheco), Paulo Roberto Domingues Vargas fez agradecimentos à cidade e à administração municipal. “Ao lançar esta nova edição do Esteio da Poesia Gaúcha, quero deixar o meu obrigado à comunidade, que participa do evento, e à prefeitura, pelo apoio para a realização do festival”, disse.
O ato de lançamento foi finalizado com a interpretação de O Mistério das Palhas, de Carlos Omar Villela Gomes e Bianca Bergmam (São Vicente do Sul), obra que conquistou o prêmio de melhor poesia e melhor trabalho em palco do 3º Esteio da Poesia Gaúcha. No palco do Pavilhão 20 de Setembro, a obra foi apresentada por Romeu Weber, considerado o melhor intérprete da terceira edição do festival, acompanhado pelo músico e cantor esteiense Vladimir Guará como amadrinhador.
As inscrições para o 4º Esteio da Poesia já estão abertas. O regulamento e a ficha para cadastro estão disponíveis no site da prefeitura de Esteio e também na página oficial do evento no Facebook (www.facebook.com/EsteiodaPoesia). A comissão avaliadora, os shows de abertura e encerramento e o apresentador estão sendo definidos pela Comissão Organizadora do festival e devem ser anunciadas em breve. Os poetas de todo o Brasil terão até o dia 17 de novembro para inscreverem seus versos, que devem versar sobre a dinâmica social, os usos e costumes do povo gaúcho, fatos históricos ou atuais e paisagens do Rio Grande do Sul. Do total de inscritos, a Comissão Avaliadora definirá 10 que serão apresentados ao público na noite de 24 de fevereiro de 2018, na Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya.
Os 10 trabalhos selecionados para a final receberão um prêmio de R$ 1 mil. Os três melhores poemas, declamadores e amadrinhadores, além do melhor trabalho em palco na final, receberão mais prêmios em dinheiro, troféus e diárias da Hospedaria Provençal, de Canela, apoiadora do festival. Em apenas três edições, o Esteio da Poesia se tornou o maior festival do gênero, em número de inscritos, no Rio Grande do Sul. A terceira edição contou com 358 poemas, enviados por 119 poetas de 66 municípios diferentes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Roraima.