Passeio ciclístico instiga estudantes do Projeto Despertar em Vera Cruz

Município: Vera Cruz

Mais de 60 alunos da Jacob Blész pedalaram até o Tobacco Country CRÉDITO: JOSILÉRI LINKE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Mais de 60 alunos da Jacob Blész pedalaram até o Tobacco Country CRÉDITO: JOSILÉRI LINKE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Na tarde da última terça-feira, dia 31 de outubro, 60 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Jacob Blész, de Linha Henrique D’Ávila, no interior de Vera Cruz, deixaram de lado a televisão, o computador e o celular para pedalar. Foram eles próprios que tiveram a ideia, como conta a coordenadora do Projeto Despertar, professora Susana Soder. Durante uma aula de Educação Física ministrada por ela, os estudantes questionaram fotos publicadas por ela nas redes sociais, em que aparece pedalando longos percursos. “Como eu pedalo bastante, inclusive coloco quilômetros percorridos no Facebook, os estudantes queriam pedalar também e combinamos um percurso até o Camping Tobacco Country”, relembra Susana.
A atividade teve uma grande aprovação dos pais. “Alguns me ligaram agradecendo pelo incentivo, pois as crianças não praticavam mais este tipo de esporte para ficar no celular”, revela a coordenadora. O passeio também teve apoio de Luiz Faccin, da Faccin Bicicletas, que entregou brindes para todos os ciclistas e acompanhou o percurso de bicicleta. A Brigada Militar, o departamento de Trânsito, através da secretaria de Obras, Saneamento e Trânsito, além da Educação e do Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, também foram parceiros na atividade, acompanhada pelo vice-prefeito Alcindo Iser. A equipe do Tobacco Country recebeu o projeto e cedeu o espaço para atividades físicas. Depois do passeio, os estudantes praticaram vôlei de areia e futebol de campo, e lancharam no espaço do balneário.
“O objetivo é incentivar os estudantes a praticarem o ciclismo, pois, além de nos proporcionar uma melhor qualidade de vida, nos ajuda no condicionamento físico, a equilibrar a pressão e os níveis de triglicerídeos. Também trabalha equilíbrio e confiança, além de relaxar e combater o estresse”, justifica Susana. Ainda conforme a professora, no fim do passeio, muitos estudantes relataram desconforto nas pernas, devido ao tempo que estavam sem pedalar. “Eles perceberam o quanto é importante para a saúde e agora querem deixar até o ônibus de lado e vir de bicicleta para a escola”, comemora a professora.