Dia do Vinho tem lançamento em Santana do Livramento pela primeira vez

Município: Santana do Livramento

Programação vai movimentar três cadeias econômicas em três regiões do Brasil de 19 de maio a 4 de junho CRÉDITO: SILVIA TONON/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Programação vai movimentar três cadeias econômicas em três regiões do Brasil de 19 de maio a 4 de junho CRÉDITO: SILVIA TONON/DIVULGAÇÃO/CIDADES

De maneira inédita, o lançamento oficial da programação do Dia do Vinho deste ano, que se estende por três regiões do Brasil, entre 19 de maio e 4 de junho, ocupa o terroir (extensão de terra considerada a partir do ponto de vista de suas aptidões agrícolas) histórico da Campanha gaúcha. O município, que fica na fronteira com o Uruguai, foi o escolhido como anfitrião para as comitivas que apresentam ao mercado, à imprensa e ao público em geral as mais de 200 atividades que estão previstas para ocorrer em duas semanas para celebrar grandes momentos entre o Sul, o Sudeste e o Nordeste do País.
Representantes do poder público e de empreendimentos privados da própria Campanha gaúcha e, ainda, de 10 municípios da região Uva e Vinho (serra gaúcha), do Vale Central Gaúcho, de Porto Alegre, do Roteiro de São Roque (São Paulo) e do Vale do São Francisco (na divisa entre Bahia e Pernambuco) se reuniram na noite da última quarta-feira, dia 3, no Hotel Jandaia (rua Uruguai, nº 1.452). “A escolha de Santana do Livramento para o lançamento da programação do Dia do Vinho 2017 é um reconhecimento de todo o setor ao crescimento contínuo e ao protagonismo cada vez maior dos vinhos da Campanha gaúcha, uma região que já é um polo consolidado de produção vitivinícola, agora no mapa enoturístico do Brasil”, sublinha o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá.
Durante os mais de 15 dias de programação, três cadeias econômicas – vitivinícola, gastronômica e hoteleira – vão se movimentar simultaneamente para oferecer atrativos especiais, descontos, promoções, jantares e almoços harmonizados, cursos de degustação, espetáculos artísticos e culturais e até eventos esportivos a visitantes e moradores de todas as regiões engajadas no Dia do Vinho. “Se olharmos a distância entre o ponto onde será lançado, em Santana do Livramento, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, e o mais novo território participante da programação, o Vale do São Francisco, na fronteira entre Bahia e Pernambuco, o Dia do Vinho tem, agora, além de duas semanas, mais de 3,8 mil quilômetros para ser aproveitado”, observa o presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, João Leidens.
A programação completa do Dia do Vinho 2017 pode ser acessada no site diadovinho.com.br. O evento está nas redes sociais com os perfis facebook.com/diadovinho, instagram.com/diadovinho2017 e marcado com a hashtag #diadovinho2017.
Saiba mais sobre o projeto
O Dia do Vinho é realizado pelo Ibravin; pela secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi-RS); e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.
A edição 2017 tem o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin); da Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho); do Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Bebidas Derivados da Uva e do Vinho do Rio Grande do Sul (Sindivinho-RS); do Roteiro dos Vinhos de São Roque (São Paulo); do Vinho Vasf – Instituto do Vinho Vale do São Francisco; da Associação dos Viticultores do Vale Central Gaúcho; da Associação Vinhos da Campanha; da Associação de Turismo da Serra (Atuaserra); da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur); e da Phoenix Eventos. O patrocínio máster é da empresa Verallia.

 

Indicação Geográfica Campanha Gaúcha é tema de evento em Santana do Livramento

Município: Santana do Livramento

Professoras da UCS que contribuem no estabelecimento de indicações geográficas para vinhos integram o simpósio CRÉDITO: IVANIRA FALCADE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Professoras da UCS que contribuem no estabelecimento de indicações geográficas para vinhos integram o simpósio CRÉDITO: IVANIRA FALCADE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O município recebe, nos dias de hoje e amanhã, empresários, produtores, técnicos, estudantes e lideranças setoriais vão conhecer os avanços tecnológicos que caracterizarão uma das futuras regiões de Indicação Geográfica (IG) para vinhos finos no Brasil. É na cidade, que faz fronteira do Brasil com o Uruguai, que acontece o I Simpósio de Viticultura e Enologia: Região da Campanha Gaúcha, que reunirá especialistas de 10 diferentes entidades de ensino, pesquisa e de representatividade do setor em diferentes áreas. E, mais uma vez, a Universidade de Caxias do Sul (UCS) se faz presente com trabalhos que serão apresentados pelas professoras do Mestrado Profissional em Biotecnologia e Gestão Vitivinícola, do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia, Ivanira Falcade e Regina Vanderlinde, que contribuem, com suas pesquisas, no estabelecimento de indicações geográficas para vinhos.
As pesquisas da UCS em projetos de Indicação de Geográfica já estiveram presentes no registro de outras regiões: a primeira, a Indicação de Procedência (IP) Vale dos Vinhedos, em 2002; depois, a IP Pinto Bandeira, em 2010; a Denominação de Origem (DO) Vale dos Vinhedos, em 2012; a IP Altos Montes, em 2012; a IP Monte Belo, em 2013; e a IP Farroupilha, em 2015. O Projeto IP Vinhos da Campanha Gaúcha, iniciado em 2013, será concluído neste ano e teve como objetivo principal gerar conhecimento e tecnologia para subsidiar o pedido de reconhecimento da Indicação de Procedência Campanha para vinhos finos tranquilos e espumantes, cujo dossiê deverá ser depositado no Instituto Nacional de Proteção Industrial (IPI), pela Associação Vinhos da Campanha, ainda neste semestre.
O projeto contou com o financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fndct) via Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), por meio da Encomenda Transversal Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec/Finep) – Rede de Centros de Inovação em Vitivinicultura (Recivitis). A execução das atividades foi coordenada pela Embrapa Uva e Vinho e contou com o esforço conjunto de uma grande equipe multidisciplinar, incluindo pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Clima Temperado, Embrapa Pecuária Sul, da Universidades Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), da Universidade do Pampa (Unipampa), da Universidade de Santa Maria (UFSM) e da Universidade de Santa Catarina (UFSC), além da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e dos membros da Associação de Produtores de Vinhos Finos da Campanha Gaúcha.
O simpósio em Santana do Livramento está estruturado em quatro grandes abordagens temáticas: Nutrição da Videira e Manejo do Solo; Manejo Fitotécnico do Vinhedo; Avanços do Conhecimento Científico sobre os Vinhos da Campanha; e Estruturação da Indicação de Procedência dos vinhos Finos da Campanha Gaúcha. A professora Ivanira Falcade vai abordar o tema Renome da Campanha Gaúcha na produção de vinhos finos, incluindo a apresentação do limite oficial da região, e, a professora Regina Vanderlinde, falará sobre Análises isotópicas para identificar vinhos produzidos na Campanha Gaúcha. Mais informações sobre o simpósio estão disponíveis no site www.embrapa.br/uva-e-vinho.

 

Evento apresenta trabalhos realizados por alunos das escolas de Santana do Livramento

Município: Santana do Livramento

Comunidade ainda contou com serviços de saúde, educação e informática, enquanto as crianças se divertiram nos brinquedos infláveis CRÉDITO: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Recentemente, a prefeitura promoveu a primeira edição do Festcriança, realizado na Praça General Osório. O evento mobilizou centenas de pessoas durante três dias, quando o público pôde conferir as apresentações das escolas de educação infantil, que mostraram o trabalho desenvolvido neste ano letivo, e das escolas municipais das zonas urbana e rural, que apresentaram números de teatro, música e dança.

Para os visitantes, as secretarias municipais de Educação, Turismo, Cultura, Esporte Lazer, bem como o gabinete da primeira-dama, disponibilizaram diversas atrações em diferentes espaços dentro da Praça General Osório, como serviços de saúde, educação, informática, brinquedos infláveis e maquiagem. Segundo o Secretário municipal de Educação, Mário Santanna, centenas de pessoas passaram pela primeira edição do Festcriança e, para garantir o sucesso do evento, uma grande equipe foi mobilizada. “Contamos com a participação maciça da comunidade santanense e, para assegurar o melhor atendimento ao público, uma equipe de mais de 80 pessoas ficou a cargo da organização do evento”, afirmou. O secretário finalizou agradecendo a presença de todos.

O prefeito Glauber Lima parabenizou a equipe da secretaria municipal de Educação por realizar o evento, bem como aos professores e atendentes que realizam um trabalho importante nas escolas, garantindo a qualidade no processo de ensino-aprendizagem. “As apresentações dos alunos demonstraram a qualidade do trabalho que nossos profissionais fazem em sala de aula”, afirmou.

Lima também compartilhou com os pais de alunos e demais presentes, a conquista recentemente divulgada pelo Educacenso, o censo oficial do Ministério da Educação: Livramento é o primeiro lugar na expansão de vagas em creches de 0 a 03 anos, entre os 50 maiores municípios gaúchos. “E vamos expandir muito mais. Estamos com 04 escolas de educação infantil sendo construídas no município através do Proinfância e estamos investindo muito em educação”, acrescentou.