UPA do Hospital Vida & Saúde completa três anos em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Unidade segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro CRÉDITO: HOSPITAL VIDA & SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Unidade segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro CRÉDITO: HOSPITAL VIDA & SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) gerenciada pelo Hospital Vida & Saúde acaba de completar três anos. Nesse período, muitas vidas foram salvas, e o serviço possibilitou a ampliação e qualificação do atendimento na Rede de Urgência oferecida pela instituição. As melhorias também foram percebidas no atendimento nas unidades que tiveram mais suporte, assim como os municípios da região.
Nesses três anos, 181.377 atendimentos foram realizados na UPA. O atendimento da unidade começou no dia 18 de agosto. De agosto a dezembro de 2014, foram 28.701 atendimentos. Se somados aos tratamentos realizados no Pronto Socorro, de janeiro a julho, o ano de 2014, fechou com 55.975 pessoas tratadas. Essa média aumentou em 2015, quando foram atendidos 56.591, já em 2016, foram 56.943.
Segundo o gerente da UPA, Silvano Cervo, esses anos foram de muito trabalho e dedicação de toda equipe. “Estamos felizes com a continuidade da UPA, pois sabemos que prestamos o melhor atendimento para a população. Constantemente buscamos qualificar a equipe para oferecer um serviço de excelência”. O profissional destaca ainda que com a gestão aprimorada realizada pelo hospital, na UPA, hoje vários profissionais buscam ingressar na equipe.
A UPA segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro, desde 2010. O Vida & Saúde foi pioneiro na região nessa implantação que segue as diretrizes de Humanização do Ministério da Saúde. Além do atendimento de urgência e emergência a unidade também conta com suporte de atendimento clínico e pediátrico. Para Vanderli de Barros, “A implantação da UPA proporcionou uma qualificação no atendimento à saúde. Ficamos felizes em dar continuidade a esse serviço de forma pioneira, com uma gestão diferenciada o que nos possibilita um custo operacional equilibrado e um dos mais inferiores do Estado”. A UPA conta mais de 100 funcionários e uma média mensal, neste ano, de 4.745 atendimentos. Destes, 6% foram casos de emergência e os demais clínicos.

Fenasoja de Santa Rosa recebe comitiva de instituto da Argentina

Município: Santa Rosa

Comitiva esteve na região neste mês de dezembro e visitou produtores de leite em mais três municípios CRÉDITOS: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA 21ª FENASOJA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Em visita técnica à região de Santa Rosa, uma comitiva do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (Inta) da Argentina foi recepcionada pelo presidente da Comissão de Pecuária da 21ª Fenasoja, Gustavo Groff. O grupo foi recebido no parque de exposições pelo presidente da feira Gerson Lauermann, pelo vice-presidente Alexandre Maronez e pelo coordenador geral Cléo Rockenbach.

Na oportunidade, o prefeito Alcides Vicini os declarou hóspedes oficiais do município através de decreto. Também estiveram presentes o presidente do Sindicato Rural Denir Frosi, representando a secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa), Valtair Fróis, representantes de cooperativas, além de outras autoridades.

A comitiva argentina esteve na região entre os dias 15 e 17 de dezembro, sendo composta, entre outros, pelo chefe da AER Inta Jacques Eduardo Kraemer e por extensionistas. Na ocasião, os profissionais visitaram produtores de leite nos municípios de Giruá, Cândido Godói, Tuparendi e Santa Rosa, onde puderam observar os diferentes níveis de desenvolvimento da pecuária leiteira na região. Eles também conheceram modelos produtivos baseados em pastagens, como o Programa Balde Cheio, desenvolvido pela Embrapa, sistemas de semiconfinamento e de confinamento total do rebanho, além de informações sobre o sistema associativo do uso de maquinário agrícola, formas de associação e modelos cooperativistas.

O Inta é expositor da Fenasoja há várias edições e sua visita à região é fruto deste relacionamento que contribui sobremaneira para o desenvolvimento regional, especialmente pelo intercâmbio de experiências científicas desenvolvidas na Argentina e Brasil.

Organizadores da Exporural ajustam os detalhes da feira para a edição deste ano em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Espaço aproxima o produtor do setor técnico das empresas expositoras, cooperativas, Emater e universidades CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

São 18 expositores que estão preparando o espaço com plantios e manejos de culturas como, soja, milho, fruticultura, horticultura, reflorestamento e pastagens. De acordo com o coordenador da Exporural, Carlos Hermanns, o objetivo do espaço é aproximar o produtor do setor técnico das empresas expositoras, cooperativas, Emater e universidades, com a finalidade de transferir informação e conhecimento acerca de novas tecnologias.

“A principal novidade da Exporural para esta edição da feira será a Silage School – Escola de Silagem, que terá, além de mini cursos teóricos, dinâmicas e práticas sobre o preparo e confecção de silagens de alta qualidade”, destaca Hermanns. A maioria dos expositores da Exporural são de outros estados e de empresas brasileiras e multinacionais. “A Exporural também terá um espaço para as inovações tecnológicas em termos de máquinas e técnicas para o setor agrícola. Neste sentido será feito uma premiação para a inovação destaque desta área”, comenta Hermanns. A expectativa é que durante os 10 dias de feira, cerca de 20 mil pessoas visitem a Exporural. A 20ª Fenasoja acontece de 25 de abril a 4 de maio de 2014.

Redes para dormir na UTI Pediátrica do Vida & Saúde

Município: Santa Rosa

Técnicas de hospitais de referência no país estão sendo usadas no Vida & Saúde. A rede para o nenê prematuro dormir, já faz parte do tratamento da UTI Pediátrica do hospital. A rede que é tradicionalmente associada à imagem de descanso e lazer, agora também serve para a recuperação.
Os recém-nascidos que não necessitam de oxigênio, e que estão com quadro estável, são colocados em redes dentro das incubadoras. A ideia, que surgiu na região nordeste, proporciona melhora na qualidade do sono, acalma a criança e auxilia no desenvolvimento dos nenês. O método permite ainda que as crianças deixem o hospital mais rapidamente, “Com a rede eles ficam mais calmos o que diminui o gasto energético deles e isso faz com que ganhem peso mais rápido”, destaca a enfermeira Patrícia Frizzo, responsável pela Utip do Vida & Saúde.
Além de todos esses benefícios a rede proporciona ainda uma sensação de aconchego que lembra o útero da mãe, o que também auxilia no tratamento. O Vida & Saúde é um dos únicos Hospitais do interior do estado que já utiliza a técnica.

Fenasoja anuncia primeiros nomes dos presidentes de comissões e assessorias

Município: Santa Rosa

A presidente da 20ª Feira Nacional da Soja – Fenasoja – Angêla de Faria Maraschin e o vice-presidente Gérson Miguel Lauermann, anunciaram no Centro Administrativo do Parque Municipal de Exposições os nomes dos primeiros indicados a integrar cargos de presidente de comissões e assessorias da 20ª edição do evento. O anúncio foi feito na presença da imprensa e foram apresentados 14 nomes – nove já integravam a comissão Central da edição passada, e sete seguem coordenando a mesmas atividades de suas comissões e assessorias. Dois membros trocaram de funções e cinco nomes são de novos presidentes, que passarão a integrar a Comissão Central da 20ª edição.