Curso da Unijuí apresenta diagnóstico de sistemas agrários em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Dados foram apresentados na última segunda-feira, na prefeitura CRÉDITO: UNIJUÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Dados foram apresentados na última segunda-feira, na prefeitura CRÉDITO: UNIJUÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Os estudantes do curso de Agronomia da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí) realizaram, sob orientação dos professores do curso, um trabalho de análise e diagnóstico de sistemas agrários em propriedades do município de Santa Rosa. Na manhã da última segunda-feira, dia 20, foi realizada a apresentação desses dados na prefeitura, para os agricultores envolvidos, secretaria da Agricultura, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e demais convidados.
As informações foram geradas por meio de observações e de entrevistas realizadas junto aos agricultores, pelos estudantes das disciplinas de Estágio I – Diagnóstico de Sistemas Agrários e de Estágio II – Análise Técnica Econômica de Sistemas de Produção do curso de Agronomia, segundo semestre de 2016 e primeiro semestre de 2017. O objetivo do diagnóstico foi ampliar a aquisição de conhecimentos e métodos necessários para a compreensão da dinâmica e complexidade da agricultura visando à elaboração de linhas estratégicas de desenvolvimento local.
As atividades que foram realizadas para a análise e o diagnóstico compreenderam leitura da paisagem e zoneamento agroecológico; história agrária e trajetórias de acumulação; classificação (tipologia) das unidades de produção; caracterização técnica dos sistemas de produção; avaliação econômica dos sistemas de produção; análise/diagnóstico da agricultura, linhas estratégicas de desenvolvimento rural; confecção do relatório; e restituição às entidades e agricultores. O diagnóstico forneceu subsídios para o município que engloba planejamento, gestão estratégica da agricultura local, proposições de políticas e projetos estratégicos.
Para o pró-reitor do campus Santa Rosa, professor Ariosto Sparemberger, o diagnóstico e as propostas apresentadas são importantes para o desenvolvimento econômico e social do município. “Há muitas informações que podem auxiliar este processo. Por exemplo, o estudo analisou e identificou 12 tipos básicos de unidades de produção e na sua maioria os resultados econômicos asseguram a reprodução sócio econômica. O município possui 1.964 estabelecimentos agropecuários, dos quais 93,6% possuem menos de 50 hectares, e ocupam 65,80% da área”, ressaltou.
A equipe técnica da Unijuí que esteve envolvida no diagnóstico foi composta pelos professores Nilvo Basso, Felipe Esteves Oliveski, Roberto Carbonera e Angélica de Oliveira Henriques. O termo de cooperação técnica foi firmado entre a Unijuí, prefeitura – através da secretaria da Agricultura – e Emater.

Hospital Vida & Saúde e Sicredi firmam parceria em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Formalização do acordo ocorreu recentemente, no auditório do hospital CRÉDITO: HOSPITAL VIDA&SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Formalização do acordo ocorreu recentemente, no auditório do hospital CRÉDITO: HOSPITAL VIDA&SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O Hospital Vida e Saúde e a Sicredi União Rio Grande do Sul firmaram, recentemente, no auditório do hospital, em Santa Rosa, um acordo para prestação de serviços financeiros, no qual o Sicredi realizará a gestão da folha de pagamento dos funcionários, pagamento a fornecedores do hospital e a gestão dos recursos financeiros da entidade. Segundo Elton Walker, presidente do Vida e Saúde, a parceria é muito importante para os 750 funcionários do hospital: “Queremos proporcionar aos funcionários qualidade neste serviço e melhoria na vida financeira deles. Temos a certeza que com esta parceria isso será possível, tendo em vista que ambas instituições tem o mesmo ideal: a união de esforços para o fortalecimento de todos e isso nos deixa muito felizes”, disse Walker.
Sidnei Strejevitch, diretor executivo da Sicredi União-RS, salientou que a cooperativa estará mais próxima para cuidar da vida financeira dos profissionais que trabalham para cuidar da vida da população regional. “Queremos trazer aos funcionários do hospital soluções financeiras que realmente melhorem a vida de todos, ao sermos consultores financeiros. Essa parceria também reflete no desenvolvimento regional e contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades ao ser duas intuições regionais que prezam pelas pessoas”, destacou Strejevitch.
Valmir Bamberg, gerente do Sicredi da Praça da Independência, em Santa Rosa, salienta: “Queremos oferecer a todos os envolvidos com o hospital um atendimento mais próximo e ativo e construir juntos a vida financeira deles para que possam, por meio de nossas soluções financeiras, realizar sonhos e ter mais tempo e comodidade”. Na oportunidade, também foi assinado o convênio para empréstimos em folha de pagamento. O evento de formalização da parceria contou com a presença de funcionários, direção e conselho do hospital, colaboradores e direção da Sicredi União-RS, representantes das entidades da saúde no município de Santa Rosa e autoridades municipais.

UPA do Hospital Vida & Saúde completa três anos em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Unidade segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro CRÉDITO: HOSPITAL VIDA & SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Unidade segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro CRÉDITO: HOSPITAL VIDA & SAÚDE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) gerenciada pelo Hospital Vida & Saúde acaba de completar três anos. Nesse período, muitas vidas foram salvas, e o serviço possibilitou a ampliação e qualificação do atendimento na Rede de Urgência oferecida pela instituição. As melhorias também foram percebidas no atendimento nas unidades que tiveram mais suporte, assim como os municípios da região.
Nesses três anos, 181.377 atendimentos foram realizados na UPA. O atendimento da unidade começou no dia 18 de agosto. De agosto a dezembro de 2014, foram 28.701 atendimentos. Se somados aos tratamentos realizados no Pronto Socorro, de janeiro a julho, o ano de 2014, fechou com 55.975 pessoas tratadas. Essa média aumentou em 2015, quando foram atendidos 56.591, já em 2016, foram 56.943.
Segundo o gerente da UPA, Silvano Cervo, esses anos foram de muito trabalho e dedicação de toda equipe. “Estamos felizes com a continuidade da UPA, pois sabemos que prestamos o melhor atendimento para a população. Constantemente buscamos qualificar a equipe para oferecer um serviço de excelência”. O profissional destaca ainda que com a gestão aprimorada realizada pelo hospital, na UPA, hoje vários profissionais buscam ingressar na equipe.
A UPA segue o acolhimento e o processo de classificação de risco que já era realizado no Pronto Socorro, desde 2010. O Vida & Saúde foi pioneiro na região nessa implantação que segue as diretrizes de Humanização do Ministério da Saúde. Além do atendimento de urgência e emergência a unidade também conta com suporte de atendimento clínico e pediátrico. Para Vanderli de Barros, “A implantação da UPA proporcionou uma qualificação no atendimento à saúde. Ficamos felizes em dar continuidade a esse serviço de forma pioneira, com uma gestão diferenciada o que nos possibilita um custo operacional equilibrado e um dos mais inferiores do Estado”. A UPA conta mais de 100 funcionários e uma média mensal, neste ano, de 4.745 atendimentos. Destes, 6% foram casos de emergência e os demais clínicos.

Fenasoja de Santa Rosa recebe comitiva de instituto da Argentina

Município: Santa Rosa

Comitiva esteve na região neste mês de dezembro e visitou produtores de leite em mais três municípios CRÉDITOS: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA 21ª FENASOJA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Em visita técnica à região de Santa Rosa, uma comitiva do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (Inta) da Argentina foi recepcionada pelo presidente da Comissão de Pecuária da 21ª Fenasoja, Gustavo Groff. O grupo foi recebido no parque de exposições pelo presidente da feira Gerson Lauermann, pelo vice-presidente Alexandre Maronez e pelo coordenador geral Cléo Rockenbach.

Na oportunidade, o prefeito Alcides Vicini os declarou hóspedes oficiais do município através de decreto. Também estiveram presentes o presidente do Sindicato Rural Denir Frosi, representando a secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa), Valtair Fróis, representantes de cooperativas, além de outras autoridades.

A comitiva argentina esteve na região entre os dias 15 e 17 de dezembro, sendo composta, entre outros, pelo chefe da AER Inta Jacques Eduardo Kraemer e por extensionistas. Na ocasião, os profissionais visitaram produtores de leite nos municípios de Giruá, Cândido Godói, Tuparendi e Santa Rosa, onde puderam observar os diferentes níveis de desenvolvimento da pecuária leiteira na região. Eles também conheceram modelos produtivos baseados em pastagens, como o Programa Balde Cheio, desenvolvido pela Embrapa, sistemas de semiconfinamento e de confinamento total do rebanho, além de informações sobre o sistema associativo do uso de maquinário agrícola, formas de associação e modelos cooperativistas.

O Inta é expositor da Fenasoja há várias edições e sua visita à região é fruto deste relacionamento que contribui sobremaneira para o desenvolvimento regional, especialmente pelo intercâmbio de experiências científicas desenvolvidas na Argentina e Brasil.

Organizadores da Exporural ajustam os detalhes da feira para a edição deste ano em Santa Rosa

Município: Santa Rosa

Espaço aproxima o produtor do setor técnico das empresas expositoras, cooperativas, Emater e universidades CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

São 18 expositores que estão preparando o espaço com plantios e manejos de culturas como, soja, milho, fruticultura, horticultura, reflorestamento e pastagens. De acordo com o coordenador da Exporural, Carlos Hermanns, o objetivo do espaço é aproximar o produtor do setor técnico das empresas expositoras, cooperativas, Emater e universidades, com a finalidade de transferir informação e conhecimento acerca de novas tecnologias.

“A principal novidade da Exporural para esta edição da feira será a Silage School – Escola de Silagem, que terá, além de mini cursos teóricos, dinâmicas e práticas sobre o preparo e confecção de silagens de alta qualidade”, destaca Hermanns. A maioria dos expositores da Exporural são de outros estados e de empresas brasileiras e multinacionais. “A Exporural também terá um espaço para as inovações tecnológicas em termos de máquinas e técnicas para o setor agrícola. Neste sentido será feito uma premiação para a inovação destaque desta área”, comenta Hermanns. A expectativa é que durante os 10 dias de feira, cerca de 20 mil pessoas visitem a Exporural. A 20ª Fenasoja acontece de 25 de abril a 4 de maio de 2014.