Escola transforma música em aprendizado e volta a atenção para bebês de até 2 anos em Portão

Município: Portão

Pequenos participam das aulas acompanhados da mãe, do pai ou de outro responsável CRÉDITO: EZRA MATTIVI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Música não é apenas entretenimento. Para as crianças, então, vai além disso. Quanto mais cedo ocorrer o contato com a música, mais ela poderá desenvolver suas habilidades cognitivas, sociais e emocionais. Em uma escola de Portão, não é incomum ver os bebês em ação com seus pandeiros e outras percussões. Experimentando sonoridades, batendo palmas e movimentando o corpo, os bebês trabalham aos poucos o seu desenvolvimento social, corporal e vocal. As aulas acontecem uma vez por semana, nas quartas, com duração aproximada de 50 minutos a aula, conforme o momento e interesse da criança.

Os bebês participam das aulas acompanhados da mãe, do pai ou de outro responsável que seja sensível à música e que esteja disponível a brincar com a criança nesse momento, como explica a educadora musical Ezra Mattivi. “A música eleva e melhora a sensibilização, socialização, aquisição da acuidade auditiva. Quanto mais cedo iniciarmos esse processo de aquisições variadas, maia cedo o bebê passará a perceber com maior atenção o mundo das sonoridades ao seu redor”, afirma. As aulas de musicalização são voltadas para bebês de 1 a 2 anos, nas quartas, às 10h, no Colégio Sinodal de Portão. Informações na secretaria da escola, no telefone (0xx51) 3562-5573.