Prefeitura de Nova Petrópolis investe em melhorias para o Horto Municipal

Município: Novo Hamburgo

Reforma das estufas e organização do local são algumas transformações no setor CRÉDITO: ADRIANA MONTEIRO ARRIAL/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Reforma das estufas e organização do local são algumas transformações no setor CRÉDITO: ADRIANA MONTEIRO ARRIAL/DIVULGAÇÃO/CIDADES

No dia 23 de maio, o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Paulo Roberto Staudt; o adjunto da pasta, Gilnei Mücke; e o diretor do Horto Municipal, Giovan Ivanes Camara, conferiram a troca das plantas da Praça das Flores e falaram sobre as melhorias do horto e os planos para o setor. O local de cultivo das flores do Jardim da Serra Gaúcha foi reorganizado e teve duas estufas reformadas. Outra estufa, com estrutura de metal, será renovada, e, neste mês será instalado o sistema de irrigação no local.
O setor também iniciou o sistema de compostagem dos resíduos orgânicos de podas e flores, e foram contratados mais servidores para o Horto Municipal, somando 16 pessoas, atualmente. “O caminhão que irriga as plantas da avenida e locais públicos também será consertado durante o inverno para aproveitar o período em que é menos utilizado devido ao clima”, enaltece o diretor do Horto Municipal, Giovan Ivanes Camara.
Para garantir Nova Petrópolis florida em todas as estações, é preciso planejamento. “Em maio, iniciamos a colocação das plantas de inverno na Praça das Flores e outros atrativos turísticos, postos de saúde, prédios públicos, escolas, avenidas e ruas, e, em julho, vamos começar a semeadura das flores para a primavera. Além disso, precisamos de estratégia para reposição em casos de frios severos”, explica o diretor do horto.
No inverno, a Praça das Flores será colorida com as variedades: boca-de-leão, flor-de-mel, amor-perfeito, cravinas e repolho ornamental. Além disso, folhagens e artigos de decoração também compõem o cenário do atrativo para o 5º Festival Sabores da Colônia e o 46º Festival Internacional de Folclore. “Nesta época, aproveitamos para coletar mudas, em forma de raiz nua, de espécies de árvores caducas (que perdem as folhas no inverno), que nascem de forma espontânea nas vias e jardins públicos para utilizar na arborização urbana”, destaca Camara.
A equipe do Horto Municipal conta com o apoio da secretaria de Obras e Serviços Públicos, que disponibiliza brita, saibro, pó de brita, maquinário e funcionários para ações, e também com auxílio técnico da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. “Estamos estudando meios de conseguir apoio dos produtores de aviários do município para fornecimento de adubo para o horto”, exemplifica Camara.
Neste ano, a prefeitura já investiu mais de R$ 32 mil em materiais de trabalho, reforma das estufas e da bomba de água, sistema de irrigação, plugs de mudas, entre outros itens para o setor. “O horto precisa de um olhar especial porque requer planejamento e para que nossa cidade esteja sempre florida temos que investir em melhorias e garantir que Nova Petrópolis honre o título de Jardim da Serra Gaúcha”, enfatiza o secretário adjunto de Turismo, Indústria e Comércio, Gilnei Mücke.

Sulserve leva conhecimento qualificado aos visitantes em Novo Hamburgo

Município: Novo Hamburgo

Sucesso de evento inédito garante edição de 2019 com o dobro de espaço para expositores CRÉDITO: ALISSON BRUM/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Sucesso de evento inédito garante edição de 2019 com o dobro de espaço para expositores CRÉDITO: ALISSON BRUM/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Durante três dias, a primeira edição da Sulserve – Feira de Padaria, Gastronomia e Hotelaria movimentou os pavilhões da Feira Nacional do Calçado (Fenac), encerrando-se na última quinta-feira, dia 24. Empresários, empreendedores, fornecedores de produtos, serviços e equipamentos do segmento se encontraram para conhecer as novidades de mais de 70 marcas expostas. O diretor-presidente da Fenac, Marcio Jung, lembrou que a feira surgiu a partir de uma pesquisa que identificou esta necessidade do mercado. “Fruto de muito trabalho, podemos dizer que a Sulserve está de pé e que vamos ouvir falar dela por muito tempo. Padaria, gastronomia e hotelaria são setores crescentes em nosso Estado, mas, até então, eram carentes de uma feira pra representá-los”, afirmou.
Mesmo sendo uma feira inédita na região, a Sulserve já conquistou o público expositor e visitante. Jung destacou o reconhecimento do evento diante dos profissionais do segmento. “Tivemos um sucesso além do esperado. Diversos expositores satisfeitos, fechando negócios e aumentando seu networking profissional. Inclusive, já abrimos a venda da Sulserve 2019, para a qual temos garantido o dobro de espaço para expositores, com renovações já confirmadas”, comemorou o diretor-presidente. Além disso, ele também destacou a importância da satisfação do público visitante. “Fico muito contente em ver nossos visitantes satisfeitos, pois entendemos que uma feira profissional tem que oferecer conteúdo para transformar a vida das pessoas e os seus negócios”, finalizou.
Entre os expositores, está Roberto do Nascimento, proprietário da empresa paulista de embalagens Senhor Caixa. Para ele, a feira surpreendeu, pois foi um ótimo espaço para fechamento de negócios, além da prospecção de clientes. “Participamos de nove feiras do segmento por ano em todo o Brasil e na Sulserve foi a primeira vez que tiramos pedidos e finalizamos vendas durante a própria feira”, comemorou o empresário, que, normalmente, aposta em feiras para ampliar sua rede de clientes e visibilidade da marca, sem expectativas de vendas concretas durante o evento.
Para a sócia-proprietária da gaúcha Biomica, Daniela Koeche, a Sulserve permite a aproximação de fornecedores com empresas e empresários do segmento. “Acredito que a feira aproxima os públicos, permitindo que os expositores conheçam as necessidades dos empresários da região e que estes, por sua vez, descubram novidades e fornecedores que contribuam aos seus negócios”, afirmou Daniela. “Sem dúvidas, a Sulserve é uma feira que veio para ficar. Percebo que todos os expositores presentes nesta primeira edição são muito sólidos na região, o que traz credibilidade ao evento, além do público presente ser altamente qualificado. Acredito que esse resultado só foi possível por ser uma feira bem direcionada aos profissionais do segmento”, finalizou.

Obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo têm início

Município: Novo Hamburgo

Ordem para o começo dos trabalhos foi assinada na última segunda-feira pela prefeita Fátima Daudt CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Ordem para o começo dos trabalhos foi assinada na última segunda-feira pela prefeita Fátima Daudt CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Na última segunda-feira, dia 14, a prefeita Fátima Daudt assinou a Ordem de Início de Serviços das obras do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), que prevê a revitalização da área central da cidade. Esta fase inicial compreende a avenida Nações Unidas, nos cruzamentos entre as ruas Joaquim Nabuco, Lima e Silva e Cinco de Abril. “Estas mudanças trarão benefícios para toda a comunidade. Nosso objetivo é entregar à população uma cidade eficiente, segura e com visão de futuro”, destacou a prefeita, que acompanhou de perto o início dos trabalhos.
O projeto, que conta com recursos do BID, vai significar um novo momento para a cidade. Segundo o vice-presidente de Comércio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Novo Hamburgo, Natalino Conci, a revitalização é um verdadeiro presente aos hamburguenses. “O povo germânico gosta de construções bonitas e bem feitas e é isso que teremos. A cidade carecia de agendas positivas e a prefeitura está mostrando uma organização exemplar para essas boas notícias”, observou Conci.
Já para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Gilberto Kasper, Novo Hamburgo é uma das poucas cidades do Estado com um investimento de grande porte como este, especialmente nas áreas da indústria e comércio. “Estamos otimistas com o resultado desta obra. Teremos que nos adaptar por algum período em função das mudanças, porém vislumbramos períodos de grande desenvolvimento após o término do programa”, destacou Kasper.
A comerciante Berê Fritsch, que há 20 anos possui sua loja de variedades na avenida Nações Unidas, acompanhou o início das obras. “Já passamos por diversas mudanças. A última vez foi com a vinda do trem e, apesar de termos que nos adaptar por um tempo, hoje estamos bem satisfeitos com a movimentação. Acredito neste projeto e já estou ansiosa para ver esse espaço com nova sinalização, iluminação e redes de drenagem.” Na última sexta-feira, a loja de Berê foi uma das visitadas pela equipe da prefeitura que esteve nos estabelecimentos para informar sobre o início das obras. A ação foi coordenada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi Bessa-Rodrigues.
Também está contemplado no projeto a revitalização da Praça do Imigrante, que será dividida em quatro partes: Setor A, no trecho limite com a rua Lima e Silva, com reforma do palco e chafariz; Setor B, com trecho caracterizado pelo calçamento em Pedra Portuguesa; Setor C, com o trecho caracterizado pela reforma dos banheiros públicos e implantação de academia ao ar livre; e Setor D, com a reforma dos espaços de lanchonetes e café, com implantação de praça infantil.
Ainda entre as obras do Centro, o Calçadão Osvaldo Cruz receberá melhorias. A revitalização será dividida em duas partes. O trecho central, que é uma faixa com nove metros de largura compreendendo todo comprimento do calçadão, receberá uma rede subterrânea para alimentação da iluminação e seu pavimento será com piso permeável, diferente do pavimento usado nas laterais. Já o trecho lateral receberá redes de água e esgoto sanitário, além de ser pavimentado com blocos de concreto.

Evento de Associações de Pais e Mestres reúne grande público em Novo Hamburgo

Município: Novo Hamburgo

Piquenique, aula de dança e lançamento do Maio Amarelo marcaram a ocasião CRÉDITO: BRUNA PROVENZANO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Piquenique, aula de dança e lançamento do Maio Amarelo marcaram a ocasião CRÉDITO: BRUNA PROVENZANO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Um momento para relaxar, brincar com as crianças, conversar com vizinhos e estar próximo da natureza ocorreu no dia 28 de abril, para cerca de 2,2 mil munícipes que participaram da integração de Associações de Pais e Mestres das Escolas Municipais (Apemems) promovida pela secretaria de Educação (Smed). O encontro realizado no Parque Floresta Imperial reuniu representantes de 81 escolas municipais. “Agradeço a participação das famílias, dos professores e das equipes diretivas neste evento tão bonito que integra a comunidade escolar e contribui para que as pessoas possam conversar, se conhecer e confraternizar”, destacou a secretária de Educação, Maristela Guasselli.
Além de se reunirem para fazer piquenique ou mesmo churrasco no parque, as famílias puderam aproveitar uma série de atrações que foram organizadas especialmente para este dia. Houve apresentação do músico Roberson Guedes, aula de dança, brinquedos infláveis, cama elástica e atividades esportivas, como vôlei, futebol e xadrez gigante. “Estes momentos nos enchem de alegria por vermos a comunidade escolar unida e por sabermos que a educação é a base da sociedade que queremos construir”, afirmou o chefe de gabinete Raizer Ferreira, que representou a prefeita Fátima Daudt na atividade.
A ocasião também marcou o início da programação do Maio Amarelo na cidade. “Este grande encontro celebra a vida. Por isso, também queremos lançar aqui a campanha que valoriza a segurança no trânsito”, resumiu o secretário de Segurança, general Roberto Jungthon. As crianças tiveram a oportunidade de participar de jogos educativos sobre o trânsito e os cuidados que devem ser tomados em relação à sinalização, semáforos e faixa de pedestres. “As ações realizadas durante o Maio Amarelo tem como objetivo desenvolver a educação para o trânsito”, explicou o diretor de Trânsito, Ricardo Schiavon.
A Campanha Maio Amarelo é realizada em parceria entre as secretarias de Segurança (por meio da Guarda Municipal), Educação, Saúde, Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários (por meio da diretoria de Trânsito), Centro de Formação de Condutores (CFC) Valderez e concessionários do transporte coletivo.

Sala do Empreendedor de Novo Hamburgo é inaugurada pela prefeitura

Município: Novo Hamburgo

Espaço, localizado no Centro Administrativo, foi apresentado à comunidade na manhã de 4 de abril CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Espaço, localizado no Centro Administrativo, foi apresentado à comunidade na manhã de 4 de abril CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Está mais fácil empreender em Novo Hamburgo. A prefeitura de Novo Hamburgo inaugurou, na manhã desta quarta-feira, 4, a Sala do Empreendedor no Centro Administrativo Leopoldo Petry. A Sala tem como objetivo facilitar e agilizar a instalação de novas empresas no município, bem como oferecer serviços aos Microempreendedores Individuais (MEI) e incentivar a legalização de negócios informais que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar nº 123/06 (conhecida como Lei-Geral da Micro e Pequena Empresa). A Sala do Empreendedor foi organizada pela secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), com o apoio das secretarias da Fazenda, Saúde e Meio Ambiente, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Junta Comercial, Industrial e de Serviços do Rio Grande do Sul.
“É com empreendedorismo que vamos gerar mais empresas e recursos para que a administração pública cumpra seu papel”, afirmou a prefeita Fátima Daudt quando agradeceu o empenho e envolvimento de toda a sua equipe e de servidores que vão atuar no novo espaço. “Devíamos isso a Novo Hamburgo e é com grande alegria que concretizamos mais uma das propostas do nosso plano de governo”, completou Fátima.
Para a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Paraskevi-Bessa Rodrigues, a Sala do Empreendedor é a concretização de que uma mudança de mentalidade na gestão pública resulta em propostas efetivas de crescimento. “É o resultado para uma cidade que merece o melhor, que tem o empreendedorismo em seu DNA”, frisou a titular da Sedec.
As parcerias também foram valorizadas pelas demais autoridades que falaram durante a inauguração da Sala do Empreendedor, como disse o presidente da Junta Comercial do Estado (Jucirs), Paulo Kopschina. “Facilita a vida das empresas, gera emprego e renda. Sem parcerias, isso seria difícil”, comentou Kopschina. O gerente regional do Sebrae-RS, Marco Copetti fez referência a importância dos resultados a partir do que denomina de pauta estratégica da entidade. Ao promover uma aproximação com a comunidade dessa forma, disse Copetti, promove-se de forma ainda mais intensa o desenvolvimento econômico. “Essa gestão deixará um legado importante, o de reconhecimento ao empreendedorismo”, arrematou o gerente do Sebrae-RS.
Ao fazer uma analogia ao slogan da Sala do Empreendedor, Lugar para gente que faz, o conselheiro da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), embaixador Jorge Carlos Ribeiro, exaltou a importância da atitude diante das ideias. “Há muitas pessoas inteligentes, com conhecimento, cultura, mas que não aplicam seus conceitos, não colocam na prática tudo aquilo que sabem”, disse Ribeiro, ao ressaltar que a Sala do Empreendedor é o resultado exatamente da junção das excelentes propostas com a prática. E mesmo quando essas iniciativas se juntam, institucionalizá-las não é tarefa fácil. “Fazer a comunidade participar, é o mais complicado, e a Sala do Empreendedor é uma prova de que pode até ser difícil, mas é possível”, completou Ribeiro.
A Sala do Empreendedor oferecerá os seguintes serviços: inscrição municipal; informações sobre nota fiscal; taxas de protocolos; 1º alvará PJ; alvará autônomo; alterações de endereço e atividade; alterações de capital, razão social e sócios; registro e alvará do Microempreendedor Individual (MEI); emissão de Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) do MEI; declaração de faturamento do MEI; análise de atividades licenciadas, protocolo Vigilância Sanitária; e informações do MEI (previdência social, impostos reduzidos, emissão de nota fiscal eletrônica – NFE, orientação e treinamento, entre outros).
A Sala do Empreendedor fica no 2º andar do Centro Administrativo Leopoldo Petry, localizado na rua Guia Lopes, nº 4.201, no bairro Canudos. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O atendimento da Vigilância Sanitária dentro da sala será das 9h às 12h30min e das 13h às 16h. O telefone de contato é o (0xx51) 3594-9940.