Acompanhamento nutricional gera diagnóstico individual de crianças em Nicolau Vergueiro

Município: Nicolau Vergueiro

Acompanhamento nutricional é visto como imprescindível pela prefeitura para a educação das crianças CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NICOLAU VERGUEIRO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Acompanhamento nutricional é visto como imprescindível pela prefeitura para a educação das crianças
CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NICOLAU VERGUEIRO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O acompanhamento nutricional das crianças é visto como imprescindível pela administração municipal para a educação das crianças. Essa concepção expande o ensino escolar além dos limites físicos da sala de aula, em busca de dar aos alunos, além de informações, orientações para que possam ter um crescimento mais saudável. Para as famílias, dá ferramentas e instruções para a adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Recentemente, a nutricionista da prefeitura, Andressa Pelinson, finalizou a pesagem das crianças da escola Gelson Falkemback Ribeiro. O diagnóstico nutricional busca realizar a avaliação antropométrica, elaborar um diagnóstico descritivo e analítico de todas as crianças da educação infantil, avaliar o estado nutricional das crianças para obter o diagnóstico precoce dos possíveis desvios nutricionais, seja baixo peso ou sobrepeso/obesidade, propor uma situação nutricional das crianças contribuindo para que se conheça a natureza e a magnitude dos problemas de nutrição, e identificar as crianças de maior risco aos agravos nutricionais. Por fim, sugere e orienta crianças e pais sobre a necessidade da adoção de hábitos saudáveis de alimentação.
Após a tabulação dos resultados e diagnóstico nutricional individual, a profissional se encontrará com pais e responsáveis por cada criança para entregar os relatórios e orientar a respeito das medidas sugeríveis para adequar os hábitos alimentares da criança, além de sanar possíveis dúvidas. A nutricionista Andressa afirma que esse acompanhamento é fundamental para que as crianças possam crescer cientes da importância de ter uma dieta sadia. “A educação nutricional também é algo que precisa ser trabalhado desde cedo, tanto em casa como na escola. Com esse levantamento, estamos traçando um perfil individual de cada criança e daremos informações e ferramentas para que os pais possam participar desse processo. É fundamental que essas mudanças ocorram também em casa, para que sejam eficazes”, pondera Andressa.
O trabalho multiprofissional realizado junto às crianças é avaliado positivamente pela secretária municipal de Educação, Cultura e Desporto, Rosicler Diehl. “Essas ações desenvolvidas pela equipe multiprofissional com as crianças são muito importantes. Além do ensino escolar, precisamos orientá-las para que tenham um crescimento salutífero e futuramente sejam adultos saudáveis”, comenta a secretária da pasta.

 

Professores orientam sobre hábitos alimentares saudáveis em Nicolau Vergueiro

Município: Nicolau Vergueiro

Educadores integraram capacitação para repassar orientações sobre uma alimentação mais segura às crianças CRÉDITO: MARCELO G. RIBEIRO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Com a intenção de proporcionar conhecimentos em nutrição no espaço escolar, os professores da escola Gelson Falkemback Ribeiro foram envolvidos recentemente em atividades de educação nutricional orientadas pela nutricionista da prefeitura, Andressa Pelinson.
A capacitação buscou proporcionar um momento de promoção de saúde para posterior associação às demais atividades pedagógicas desenvolvidas na escola, produzir conhecimento significativo em saúde e nutrição infantil ao corpo docente do educandário, criar um ambiente favorável para que seja possível conduzir a alimentação da criança de uma forma mais segura e saudável (o que inclui o auxílio em respostas a eventuais dúvidas alimentares e colaboração com instruções aos próprios pais dos alunos), e capacitar os educadores quanto a orientações técnicas e práticas para o ensino de hábitos saudáveis alimentares junto aos estudantes.
A ação foi desenvolvida dentro da compreensão de que a incumbência pelo ensino em saúde na escola é do professor e que é na idade pré-escolar que ocorre o estabelecimento de hábitos alimentares que refletem no comportamento adulto em relação à alimentação e práticas de saúde.
As atividades foram elaboradas dentro de estratégias educativas com dinâmica de troca de ideias e experiências, preconizando a interação entre os professores, a fim de sensibilizá-los e dar-lhes subsídios para uma atuação mais segura em relação à alimentação infantil, por meio de orientações específicas para professores da escola sobre as características alimentares das crianças.
Segundo a nutricionista, as considerações abordaram, entre outras situações, a importância e necessidade de nutrientes específicos nas faixas etárias da educação infantil (vitamina A, ferro, iodo e ácido fólico), tipos de lanches oferecidos, o que restringir e composição alimentar, além de orientações sobre uma alimentação saudável para crianças com mais de dois anos. “Essa atividade tem o intuito de orientar e traçar conhecimentos, habilidades e atitudes considerados essenciais para que os educadores possam ser agentes promotores da alimentação saudável na escola, por meio da inserção de conhecimento aos mesmos sobre alimentação correta e saudável das crianças, colocando em prática medidas factíveis de promoção de saúde em ambiente escolar”, explicou Andressa.
A secretária municipal de Educação, Cultura e Desporto, Rosicler Diehl, relata que os professores da rede municipal de ensino participam constantemente de atividades de formação continuada durante todo o ano. “Buscamos, ao longo do ano, proporcionar momentos como este, de capacitação para atualização dos profissionais educadores que trabalham com as crianças nicolauenses nas escolas, permitindo a assimilação de novas técnicas e abordagens. Acreditamos que esse processo de capacitação é essencial para que possamos seguir crescendo e melhorando a qualidade do ensino oferecido aos estudantes”, defende a secretária da pasta.