Gravataí estuda implantar biogás para processamento do lixo

Município: Gravataí

Alternativa inédita e sustentável otimiza a separação de resíduos e transforma lixo orgânico em energia CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Alternativa inédita e sustentável otimiza a separação de resíduos e transforma lixo orgânico em energia CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A cidade pode ser a primeira do País a contar com uma tecnologia inédita para a separação e destinação final de resíduos. No dia 8 de novembro, o prefeito, Marco Alba, recebeu o diretor comercial da Sebigás do Brasil, Lorenzo Pianigiani, para conhecer a metodologia que trabalha com a transformação do lixo orgânico em biogás, através da biodigestão, uma alternativa de geração de energia elétrica em substituição ao gás natural. O projeto também contempla a otimização da separação de resíduos iniciais.
“Com a implantação desta tecnologia, estima-se uma redução para 30% da quantidade de rejeitos que hoje são transportados e aterrados em Minas do Leão. Além da diminuição de custos, que atualmente giram em torno de R$ 11,5 milhões anuais para o transbordo, transporte e destinação final, temos a possibilidade de converter o lixo em biogás e gerar energia para iluminação pública, escolas e postos de saúde, por exemplo”, completou o prefeito.
O biogás também pode ser utilizado na produção de gás natural veicular (GNV) para abastecer frotas de veículos, como ônibus escolares. O processo de biogestão também possibilita a confecção de fertilizantes e adubos, que podem ser utilizados nas plantações dos pequenos produtores rurais, impulsionando o trabalho dos agricultores de Gravataí. Segundo o secretário municipal de Habitação, Saneamento e Projetos Especiais, Luiz Zaffalon, a tecnologia é inédita no Brasil, e a projeção de resultados é de uma redução estimada em 63 toneladas/dia. “É importante salientar que este projeto visa adequar Gravataí à Lei Nacional dos Resíduos, que determina que apenas os rejeitos sejam destinados aos aterros sanitários”, informou Zaffalon.
A primeira-dama do município e mentora do programa de preservação ambiental Gravataí, eu faço por ti, Patrícia Bazotti Alba, fez questão de integrar a comitiva em visita ao aterro sanitário, a fim de apresentar a estrutura já existente no município para separação dos resíduos. “Estamos buscando alternativas sustentáveis para tratar a questão do lixo de maneira responsável, com baixo custo e menos impacto ambiental. A Associação e a Cooperativa dos Catadores já fazem um trabalho de triagem e separação dos resíduos sólidos, e nós queremos aprimorar ainda mais este serviço e agregar a destinação final também do lixo orgânico”, disse. Na ocasião, também esteve presente o secretário titular de Serviços Urbanos, Francisco Pinho, e seu adjunto, Paulo Garcia; e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente, Jackson Müller; além de membros da secretaria de Serviços Urbanos e funcionários do Aterro Sanitário Municipal.

Horto municipal de Gravataí recebe a visita do prefeito em exercício

Município: Gravataí

Áureo Tedesco esteve conferindo novos implementos agrícolas na manhã do dia 12 de julho CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Áureo Tedesco esteve conferindo novos implementos agrícolas na manhã do dia 12 de julho CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Em mais uma das agendas como prefeito interino, Áureo Tedesco visitou o horto municipal na manhã da última quarta-feira, dia 12 de julho, na companhia do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento (Smaa), Denner Gelinger dos Santos. Na ocasião, prefeito e secretário foram recebidos pelo coordenador do espaço de mais de 6,3 hectares, Brás Destro, que apresentou a Tedesco os novos implementos agrícolas que o município conquistou no início deste ano. “Este novo acervo de máquinas agrícolas continua fazendo a diferença na vida de pequenos agricultores de Gravataí, já que proporciona economia e praticidade, além da garantia de produção e renda para tantas famílias do nosso interior”, avalia o prefeito em exercício.
Regiões como o Barro Vermelho, Costa Ipiranga, Itacolomi e Morungava estão sendo beneficiadas com o maquinário, que começou a operar em janeiro deste ano. A melhoria veio por um projeto aprovado pelo governo federal, através de uma solicitação da prefeitura. Entre as máquinas, destacam-se arados – específicos para o preparo do solo e para o plantio -, carroções hidráulicos, ensiladeiras e roçadeiras. Além destes, semeadoras/adubadoras de plantio direto, máquinas de função híbrida que garantem mais economia e produtividade às lavouras da região estão disponíveis para locação.
Trituradores de galhos também podem ser encontrados. A ferramenta possibilita a compostagem orgânica dos frutos, contribuindo com produtos mais naturais e ricos em nutrientes. O projeto do governo municipal busca fortalecer práticas agrícolas menos nocivas ao meio ambiente e que, consequentemente, contribuam com a sustentabilidade do setor rural no município. “A vantagem é que, além de contar com equipamentos modernos e mais ágeis, torna-se muito mais barato para o produtor, já que o aluguel é menos de um terço do valor de mercado, contando com o operador da máquina que realiza o serviço, dando mais comodidade ao proprietário”, explica o secretário Denner, enfatizando que “o aluguel é disponibilizado mediante agendamento pela Smaa e custa cerca de R$ 35,00 a hora, enquanto maquinários particulares não saem por menos de R$ 100,00 a hora”.
Na tarde do dia anterior, 11 de julho, o prefeito Marco Alba participou de agenda com o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério Social e Agrário, Caio Rocha. Na ocasião, ambos conversaram sobre a elaboração do Plano de Desenvolvimento Rural para o município, que também esteve em pauta na reunião ocorrida com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Alan Bojanic, representante da FAO, e Gustavo Chianca, assistente de programas da FAO, receberam a comitiva para tratar sobre o plano. “O objetivo é analisar o solo a cada seis quilômetros, mapear o clima e fazer um plano diretor do território rural da cidade. Isso irá potencializar a produção agrícola e gerar mais renda”, explicou Alba.

 

Monitoramento do transporte público de Gravataí avança

Município: Gravataí

Projeto visa monitorar em tempo real os veículos e prestar informações aos usuários do transporte coletivo CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Projeto visa monitorar em tempo real os veículos e prestar informações aos usuários do transporte coletivo CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O Sistema de Monitoramento do Transporte Urbano de Passageiros da cidade avançou em mais uma etapa. O projeto foi iniciado na gestão passada, com a função de monitorar em tempo real os veículos e prestar informações aos usuários do transporte coletivo através de aplicativos gratuitos, melhorando o serviço público com tecnologias modernas. Recentemente, o quadro funcional da secretaria municipal de Mobilidade Urbana (Semurb) iniciou o treinamento do sistema de monitoramento, gerenciamento e planejamento de transporte público urbano. A atividade também realizou o cadastramento dos veículos da frota de ônibus, assim como as linhas, itinerários, horários de saída, estimativa de tempo de viagem e chegada ao destino.
O secretário de Mobilidade Urbana Adão de Castro compartilha que, desde 2013, a administração municipal buscou alternativas para informatizar a prestação de serviços do transporte público na cidade. Desta forma, após estudos e planejamentos, o sistema segue com o cronograma para, assim, entrar em funcionamento, levando mais qualidade e agilidade na mobilidade do município. “Esse é um trabalho de meses de planejamento, estudos e muito compromisso com o serviço de qualidade entregue ao cidadão. Com esse monitoramento, será possível a fiscalização da prefeitura da execução dos serviços por parte do concessionário. Assim, teremos total controle para solicitarmos melhorias para a população”, explica Castro.
A implantação do serviço permite que questões como quanto tempo o ônibus falta para chegar, se a linha está rodando e onde ele se encontra, sejam mostradas ao usuário num aplicativo gratuito baixado no celular, laptop ou tablet. “O sistema vai proporcionar mais tranquilidade ao usuário, pois saberá quanto tempo falta para seu ônibus passar, além de ajudar no planejamento para o futuro do município”, enfatiza o titular da Semurb. A secretaria acompanhará a otimização do sistema diariamente através do Centro de Controle Operacional.
A partir da parametrização de todo o sistema, com os devidos cadastramentos dos veículos e informações pertinentes ao monitoramento da frota, será possível planejar ações futuras, como alterações, inclusões ou sobreposições das linhas, aperfeiçoando o serviço à comunidade. É importante ressaltar que esse sistema permitirá a cada veículo a instalação de botões de pânico em casos de urgência, com a rapidez na localização do ônibus. Além do pedido de socorro mecânico mais ágil, também pelo serviço de localização. “Um diferencial nesse programa é a interação que o usuário pode ter com os motoristas. Exemplo disso, com toda a frota 100% adaptada, com o aplicativo as pessoas com deficiências podem avisar aos motoristas que irão usar o veículo em determinado ponto e horário, isso facilita o atendimento aos usuários”, destaca o secretário. Castro ainda revela uma particularidade do sistema que prevê a instalação de painéis com informações de horários e itinerários nos principais pontos de embarque da cidade. “Essa é uma plataforma inovadora, os passageiros podem acompanhar todo percurso da viagem e programar a sua saída de casa, gerando, inclusive, mais segurança”, conclui.
Guarda Municipal conta com 24 novos oficiais
A prefeitura, por intermédio da secretaria municipal para Assuntos de Segurança Pública (Smasp), realizou na última quinta-feira, dia 2 de março, a cerimônia de formatura da primeira turma de guardas municipais, com as aulas ministradas pelo Executivo de Gravataí. A solenidade ocorreu na Praça da Bíblia, em frente à sede da prefeitura, com a participação de autoridades e da população que prestigiou o evento. Ao todo, foram 30 novos oficiais formados. Destes, seis agentes são do município de Esteio que realizam a capacitação junto aos 24 oficiais gravataienses, nomeados ainda na gestão passada.
Os novos agentes passaram por um curso de preparação com duração de 730h/aula. Os novos guardas municipais também fizeram estágio prático. Acompanhados de colegas experientes, os novos servidores trabalharam em diversos locais públicos, conhecendo melhor a rotina de operação e vivenciando tudo aquilo que aprenderam nos treinamentos.
Em Gravataí, o efetivo é reconhecido pela forte atuação com as polícias civil e militar, cujo lema é servir e proteger. Para o titular da pasta, André Britto, o principal objetivo da Smasp era o fortalecimento e ampliação da Guarda Municipal (GM). “Hoje mostramos que a nossa meta de investir na segurança do município foi alcançada. Essa formação demonstra o comprometimento da administração em formar oficiais qualificados e que a principal atribuição seja cuidar do nosso bem mais precioso: a população de Gravataí”, destaca Britto, que ainda lembrou que a GM de Gravataí é uma referência na prestação de serviços, comprovado pela participação dos oficiais de Esteio formados pelo curso inteiramente ministrado por profissionais da segurança do município.
O prefeito interino Nadir Rocha ressaltou que essa formação é a continuidade de um trabalho comprometido com o bem-estar da população, para aumentar e qualificar o efetivo de agentes treinados para cuidar da segurança pública do município. Com os novos 24 oficiais, o quadro de servidores chega a 199 agentes atuando contra a violência nas ruas da cidade. “Fico feliz por fazer parte desse importante momento para Gravataí”, concluiu o prefeito interino Rocha.

 

Revitalização de praças de Gravataí garante mais lazer e segurança

Município: Gravataí

Praças Vila Branca e do IPE receberam melhorias recentemente CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Praças Vila Branca e do IPE receberam melhorias recentemente CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Na tarde de 23 de fevereiro, dezenas de moradores do bairro Vila Branca celebraram mais uma conquista comunitária: a entrega da revitalização da Praça Vila Branca, situada na rua Gumercindo Cunha, esquina com as ruas Cariri e Bonsucesso. Com esta ação, inúmeros benefícios para o bem-estar dos pequenos e suas famílias serão concretizados. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos Paulo Garcia, a partir de agora a Praça Vila Branca conta com um novo playground, que inclui balanços, escorregador, labirinto e quadra de areia com tela e iluminação, que beneficia a segurança da região.
O morador da região Cecílio Rodrigues destacou a alegria e a gratidão da população local. “Estamos muitos felizes e agradecidos por esta obra”, destacou, elogiando a administração municipal pelas ações de melhorias para a comunidade. Já o presidente interino da câmara de vereadores Alex Tavares agradeceu à prefeitura pela revitalização da praça. “As famílias do bairro agora contam com novas opções de lazer e diversão para as crianças, além de um espaço bonito de encontro para os pais e moradores”, agradeceu o parlamentar. Os vereadores Airton Leal e Jô da Farmácia também acompanharam o ato.
Um dia antes, na noite de 22 de fevereiro, foi entregue aos moradores da região a revitalização da Praça do IPE, em referência ao Instituto de Previdência do Estado, situada na rua Brasília, que preserva a convivência em comunidade e junto à natureza. No local, a estrutura que ilumina o espaço foi renovada, beneficiando a segurança dos moradores. Telas foram instaladas, areia depositada no campo de futebol e brinquedos novos garantem a alegria da criançada.
Além da Praça do IPE e da Vila Branca, outras diversas áreas públicas de recreação e lazer foram revitalizadas no último ano, como a Praça Andaraí, Zacarias e a do Canarinho na Cohab B, e a Praça da Ladeira na Morada do Vale II. Já no Centro da cidade, o tradicional Parcão da parada 79 e a Praça da Bíblia receberam intervenções, bem como a Praça Porto Seguro, no Loteamento Dona Mercedes; a Praça Ignácio Gonçalves de Jesus, na Sagrada Família; a Praça Nova Conquista, no bairro de mesmo nome; e outros três espaços nos bairros Pôr do Sol, Cruzeiro e União. Além disso, a Praça Sinval Dias da Rosa, no bairro Dom Feliciano, e a Praça Ambiental V, na Morada do Vale I, também receberam revitalizações e, desde então, proporcionam alegria às centenas de famílias da cidade.

 

Serviço de Assistência Especializada de Gravataí recebe nova sede

Município: Gravataí

No local, são realizados tratamento, prevenção e assistência para pacientes, além de testes rápidos CRÉDITO: CARLOS ISIDORO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

No local, são realizados tratamento, prevenção e assistência para pacientes, além de testes rápidos CRÉDITO: CARLOS ISIDORO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A cidade ganhou, no último dia 15 de setembro, uma nova sede para o Serviço de Assistência Especializada (SAE), na rua Ernesto Fonseca, nº 35, Centro. No local, são realizados tratamento, prevenção e assistência para pacientes nas áreas de tuberculose, HIV, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e hepatites. Também são promovidos testes rápidos para hepatite B, hepatite C, HIV, sífilis, e tratamento gratuito para a Aids.
“A prefeitura não mede esforços para garantir o melhor atendimento e tratamento aos pacientes do SAE, que lida diretamente com a saúde das pessoas, prioridades deste governo”, iniciou o secretário da Saúde, Laone Pinedo, em seu discurso de entrega da nova sede. “Esta é a maior comprovação da preocupação e dedicação com o colaborador e com a população. Esta é a razão de ser do serviço público de saúde: oferecer melhores condições de vida para a sociedade”, reiterou o secretário.
Representando o departamento de Controle das DSTs/Aids da secretaria estadual da Saúde, Jussara San Leon elogiou a administração municipal pelos investimentos no novo espaço. “Viajo o Estado todo e conheço SAEs de várias cidades, por isso posso afirmar que o de Gravataí é um serviço modelo, de referência para todos os municípios gaúchos”, avaliou. A coordenadora do SAE, Tatiane Silva, disse que “é com grande satisfação que inauguramos oficialmente hoje este que é um serviço extremamente importante para a população.” Ela ainda destacou os investimentos tanto em estrutura quanto na formação de profissionais, com capacitações constantes.
Atualmente, o SAE acompanha 1.200 pacientes em tratamento contra a Aids fazendo uso de antirretrovirais sendo que, desde a instituição do serviço, já foram cadastradas 2.803 pessoas portadoras da doença. Já contra a tuberculose, o SAE contabiliza 129 pacientes em tratamento desde janeiro; já para hepatites virais, são atendidos 240 pacientes mensalmente. “O SAE também promove um trabalho de busca ativa aos pacientes com hepatite que já iniciaram tratamento, mas que, por algum motivo, deixaram de frequentar o serviço”, explica a coordenadora Tatiane. “Nos testes rápidos, também é realizado aconselhamento profissional antes e depois dos exames para maior segurança dos pacientes”, acrescenta.
Também estiveram presentes no evento secretários municipais e diretores de governo; o presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas e membro do Conselho Municipal da Saúde, Altair Machado; diretores e coordenadores de diversos serviços da secretaria municipal da Saúde.