Dia da Cultura teve participação de cerca de 3 mil pessoas em Gramado

Município: Gramado

Aula de dança e apresentações artísticas foram algumas das atrações da programação CRÉDITO: MARLOVA MARTIN/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Aula de dança e apresentações artísticas foram algumas das atrações da programação CRÉDITO: MARLOVA MARTIN/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Propiciar à comunidade um dia de lazer e aproximação com a cultura local através da valorização do espaço público foi o propósito do Dia da Cultura Gramadense, que ocorreu no último sábado, dia 24, em um dos espaços mais queridos da cidade, o Lago Joaquina Rita Bier. O evento, que reuniu cerca 3 mil pessoas, ofertou diversas atrações ao longo do dia, entre apresentações culturais e outras atividades gratuitas. Meditação, dança, esportes, exposições de arte, de artesanato, shows com a Orquestra de Violões, Tango Latino América, Bada Lady Loucura e o cantor Juliano Bolfe foram alguns dos atrativos ofertados à comunidade no evento alusivo ao Dia da Cultura.
O prefeito João Alfredo Bertolucci e demais autoridades prestigiaram a abertura das atividades.“Foi um momento de encontro de todas as vertentes culturais, reforçando os laços da nossa administração com a comunidade gramadense”, comentou. “Foi uma alegria proporcionar essa atividade cultural, familiar e social. O evento foi um momento de integração da sociedade gramadense, que tem pedido mais atividades voltadas ao povo local. E o Dia da Cultura Gramadense foi feito apenas de artistas locais, valorizando também nosso potencial cultural. É o resgate da cidadania municipal”, ressaltou o secretário da pasta, Allan John Lino.
Gramadenses e turistas estiveram reunidos no Lago Joaquina Rita Bier e aprovaram o evento, pedindo que a ação se repita em mais momentos. Camila Santos Dalcortivo disse que o evento poderia acontecer todos os fins de semana, com a participação de mais bandas da cidade. Tatiane Correa, que é de Sapiranga e visita Gramado com frequência, comentou que percebeu maior participação da comunidade local em comparação aos outros eventos da cidade. “É uma iniciativa muito bacana e a impressão que me dá é que temos poucos turistas aqui. Vemos esse espaço público tomado por famílias”, disse. Tatiane esteve acompanhando a amiga Talita Leite, moradora do bairro Piratini.
O casal Flavia e Cristiano Moraes, moradores do bairro Planalto, próximo ao Lago, levaram os dois filhos para o momento de recreação, com pula-pula, e demais brinquedos infláveis. “Esse poderia ser toda semana. Tem bastante atividade para as crianças”, comentou Moraes, que ainda elogiou a implantação de uma praça infantil no bairro, que será inaugurada em alguns dias.
Linda Paim esteve com amigos no evento e frisou a importância de ter mais opções como essa para o morador de Gramado. “Gostaríamos de ter eventos mais frequentes. Chegamos aqui e vimos toda essa estrutura, nos surpreendeu”. O evento alusivo ao Dia da Cultura Gramadense foi organizado pela prefeitura, por meio da secretaria da Cultura. A ideia da administração é realizar mais edições durante o ano.
Mais de 30 palestrantes já estão confirmados na Gramado Summit
O maior evento de startups do Brasil já confirmou mais de 30 cases de sucesso para a edição de agosto. Entre os dias 8 e 10 de agosto de 2018, startups, investidores, empreendedores e palestrantes de renome nacional estarão reunidos para debater o futuro da inovação do país e impulsionar negócios através do investimento-anjo. Entre os nomes confirmados, estão José Galló (Lojas Renner), Tania Gomes Luz (33e34 Shoes), Alan Chusid (Banco Neon), Andreas Blazoudakis (Movile), André Martins (SuperJobs Ventures), Emília Chagas (Contentools), Jaime Müller (SAP) e Alfredo Soares (VTEX).
“O nosso objetivo, desde que começamos a pensar a edição, é o de oferecer a melhor grade de palestrantes do Brasil. E estamos conseguindo. Nós estamos unindo os grandes players do empreendedorismo digital do Brasil, como nomes como José Galló, sexto maior varejista do mundo, mostrando que a revolução no empreendedorismo acontece em todos os mercados. Além disso, seremos o evento com maior presença feminina no palco”, destaca Marcus Rossi, CEO da Gramado Summit.
A edição de 2018 acontece no Expogramado e o credenciamentopode ser feito através dosite www.gramadossumit.com. Com a credencial, o participante garante acesso a todas as atividades dos três dias de evento, e abre a possibilidade de participação exclusiva e gratuita nas edições mensais da Summit Talks.
Além de oferecer uma grade de palestrantes com mais de 30 nomes de sucesso, o evento ainda colocará em destaque mais de 100 inovadoras startups do Brasil, proporcionando serviços e impulsionando negócios através de aportes. Serão mais de 80 investidores-anjo participando do evento e ouvindo Pitchs.

Temporada do Korvatunturi na cidade começa neste sábado em Gramado

Município: Gramado

Espetáculo que reúne música, teatro, circo, dança e acrobacias realizou sua pré-estreia em Porto Alegre CRÉDITO: SERGIO AZEVEDO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Espetáculo que reúne música, teatro, circo, dança e acrobacias realizou sua pré-estreia em Porto Alegre CRÉDITO: SERGIO AZEVEDO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Depois da pré-estreia no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, o espetáculo Korvatunturi inicia a temporada deste ano em Gramado neste sábado, às 20h. E é com a mesma dedicação e com a alma renovada, depois de ser aplaudida de pé nas duas apresentações na Capital, que a equipe do show agora se prepara para retomar o calendário na sua cidade de origem a partir deste fim de semana.
Reconhecido como uma das principais atrações de Gramado, Korvatunturi entra em cartaz para mais uma temporada ao longo de todo o ano reunindo 17 talentosos artistas para levar a mensagem de que “fazer o bem é ser muito mais feliz”. No roteiro, que encanta a todos, tanto crianças quanto adultos, um antigo e sábio povoado leva um humano ao mundo de Korvatunturi para resgatar os verdadeiros valores da vida. Depois de viver essa experiência mágica, cabe a ele levar de volta ao mundo dos humanos os ensinamentos aprendidos por lá.
Os ingressos para a nova temporada já estão à venda pelo site oficial (www.korvatunturi.com.br) ou nas bilheterias credenciadas da cidade, no Palácio dos Festivais, que fica na rua Borges de Medeiros, nº 2.697, telefone (0xx54) 3286-0640, de quarta-feira a sábado, das 10h às 12h e das 14h às 19h; ou no Teatro Korvatunturi, localizado no Centro de Eventos da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), na rua São Pedro, nº 663, telefone 3286-7325, todos os sábados, no horário das 15h às 20h.
Apresentações no Theatro São Pedro foram marcadas pela emoção
A arrancada para a temporada 2018 não poderia ser melhor. Diante de um Theatro São Pedro cheio, o espetáculo gramadense emocionou crianças e adultos, que formaram um público caloroso e participativo nas duas apresentações do último fim de semana. Recém anunciado como novo presidente da Fundação Theatro São Pedro para substituir Dona Eva Sopher, Antônio Hohlfeldt prestigiou a estreia de Korvatunturi na Capital entusiasmado ao lado do diretor artístico do teatro, Dilmar Messias, grande incentivador da apresentação do espetáculo na capital.
Para levar o mundo de Korvatunturi até Porto Alegre, cerca de 50 profissionais estiveram envolvidos na operação entre produção, elenco, equipe técnica e direção. Apenas para transportar a Árvore da Vida, elemento principal do cenário e do roteiro, foram necessários dois caminhões.
Saiba mais
– As apresentações seguem até o mês de janeiro de 2019, sempre às 20h
– Os ingressos custam entre
R$ 120,00 e R$ 180,00, sendo que, nas quartas-feiras dos meses de junho, agosto, setembro e outubro, haverá uma promoção especial com ingressos com valores entre
R$ 99,00 e R$ 150,00
– Crianças de zero a três anos no colo não pagam
– Crianças entre quatro e 12 anos de idade, estudantes com carteira com foto e validade, sênior acima de 60 anos e Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) têm direito à meia-entrada
– A classificação é livre
– O espetáculo tem duração de 70 minutos

Prefeitura de Gramado e Corsan orientam sobre tratamento de esgoto

Município: Gramado

Objetivo é conscientizar quanto à conexão das redes cloacais e pluviais e das caixas de gorduras CRÉDITO: RENATA GARCIA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Objetivo é conscientizar quanto à conexão das redes cloacais e pluviais e das caixas de gorduras CRÉDITO: RENATA GARCIA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Com o intuito de verificar e conscientizar a comunidade quanto à conexão das redes cloacais e pluviais e das caixas de gorduras, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) iniciou, na última semana, uma ação de vistoria e orientação nas residências e estabelecimentos do Centro da cidade, em parceria com a prefeitura. As atividades baseiam-se em visitas realizadas pela equipe técnica da Corsan e fiscais das secretarias de Planejamento e do Meio Ambiente.
O objetivo é viabilizar a regularização em relação à coleta de esgoto cloacal, tendo em vista que, atualmente, muitas economias vêm fazendo esse descarte de forma irregular. “Um grande passivo existente no município é a contaminação dos arroios por esgoto sanitário, o que prejudica a saúde da população, além de, por exemplo, impedir o uso turístico das cascatas urbanas. Isso se deve, em grande parte, às ligações erradas existentes em todo o município. Se há rede coletora de esgoto, deve haver a ligação nessa rede e não na rede pluvial, como vem acontecendo, o que prejudica diretamente os recursos hídricos. Nos locais em que não há rede, deve haver o tratamento adequado antes do descarte final desse efluente”, salienta a secretária do Meio Ambiente, Rosaura Heurich.
Desta forma, a ação faz parte do conjunto de medidas necessárias para a melhoria da qualidade ambiental dos arroios de Gramado. Segundo a secretária, a comunidade, ciente de sua responsabilidade, está sendo convidada a fazer parte desse momento importante de ajustes para o saneamento efetivo da cidade. Além da ação nos bairros e nas residências onde há rede coletora de esgoto sanitário já instalada, os agentes da Corsan verificarão os locais do município onde não existe tal rede coletora, identificando de que forma é descartado o esgoto (fossa, filtro, sumidouro, rede pluvial, cursos d’água etc.), orientando, inclusive, sobre a forma mais correta e eficaz para o tratamento do esgoto. Para agilizar a visita dos técnicos da Corsan, é importante a presença do proprietário ou de seu representante, para acompanhar e indicar a forma de descarte do esgoto da sua economia.

Inauguração da ciclofaixa reúne cerca de 400 pessoas em Gramado

Município: Gramado

Passeio ciclístico integrou as atividades da inauguração CRÉDITO: CARLOS BORGES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Passeio ciclístico integrou as atividades da inauguração CRÉDITO: CARLOS BORGES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A cidade entra, oficialmente, no roteiro daqueles que buscam a bicicleta como meio de lazer ou de transporte saudável, econômico e socialmente responsável. No último dia 3, a cidade inaugurou a sua primeira ciclofaixa, no bairro Planalto, em um evento que reuniu aproximadamente 400 pessoas. Comunidade, turistas, ciclistas e autoridades celebraram a recente conquista do município em um passeio ciclístico durante a parte da manhã.
A concentração ocorreu no lago Joaquina Rita Bier, onde os participantes preparavam-se para o início do passeio. O prefeito João Alfredo Bertolucci e o secretário de Trânsito e Mobilidade Urbana, Luiz Quevedo, deram a largada oficial para o trajeto de 4,5 quilômetros. Originalmente, o circuito da ciclofaixa é de três quilômetros, mas, para o passeio de inauguração, a rota foi ampliada com duas voltas no Carrieri, um dos pontos do percurso, que contempla ainda outro ponto turístico renomado: o lago Negro.
“Estamos realizando um projeto importante, que será o precursor de muitas propostas inovadoras que envolvem cada vez mais a comunidade gramadense. A nossa cidade também é dos ciclistas”, comentou Bertolucci, que também participou do passeio ciclístico. Para o secretário Quevedo, “é um momento de gratificação. Estamos falando da primeira ciclofaixa de Gramado. Agora, entregamos à comunidade um lugar seguro, o primeiro passo de um trânsito democrático e de respeito”.
A adoção da ciclofaixa atende a uma demanda crescente da comunidade, seja por conta da bicicleta como meio de transporte, a fim de minimizar problemas de congestionamento, ou de lazer. “Atualmente, já tem muita gente pedalando por Gramado, grupos estruturados que incentivam o uso da bicicleta. A nova ciclofaixa é um projeto excelente para o morador, para o ciclista e para o turista também, já que liga pontos turísticos da cidade. Além de ser, acima de tudo, um benefício à nossa saúde”, comentou Potyguara Castilhos Ferraz , do grupo Gramado Mountain Bikers.
A conclusão da ciclofaixa na cidade foi comemorada por aqueles que há muito lutavam pela sua viabilidade. “Há sete anos venho nessa batalha para criar o projeto na cidade. Agora, Gramado vive o seu ideal, um lugar onde podemos compartilhar a bicicleta na mesma via utilizada pelo carro. A ciclofaixa é um conforto para os gramandenses, turistas, filhos e famílias”, relatou Tela Tomazeli, precursora do Projeto Gramado de Bicicleta.
No retorno do passeio ciclístico, de volta ao Lago Joaquina, os participantes foram recebidos com frutas e água. Sorteio de kits, ingressos para o Snowland e uma bicicleta M.Bike/South Bike encerraram as atividades da inauguração da ciclofaixa. A estudante Elizabeth Hepfner Alves foi a ganhadora da bicicleta.
Turistas também prestigiaram o evento e compartilharam do clima de conquista da comunidade. “Viemos para Gramado todo o fim de semana para descansar e, como estou sempre de olho nos eventos da cidade, aproveitamos a vinda para prestigiar a inauguração da ciclofaixa. O projeto é uma iniciativa espetacular, o prefeito e sua gestão inovaram muito. Queremos participar de mais eventos assim”, falou a porto-alegrense Marcia Petry, que estava acompanhada de sua família. “Costumamos pedalar frequentemente. Com certeza seremos usuários da ciclofaixa. O projeto é incrível”, contou sua filha, Sofia Petry. O passeio foi uma realização da prefeitura e do Grupo Sinos. O evento conta com o patrocínio de M. Bike e apoio da Academia G4/Body Shop Nutrition Canela, Snowland, Rissul, Kids Infláveis, Orto. Trauma Fisioterapia e Ortopedia.

Oficinas reúnem comunidade para pensar o futuro de Gramado

Município: Gramado

Atividades integram a Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável e Mobilidade Urbana CRÉDITO: MARTINA BELOTTO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Atividades integram a Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável e Mobilidade Urbana CRÉDITO: MARTINA BELOTTO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Dando continuidade às ações da Agenda Estratégica de Gramado, representantes e lideranças da comunidade participaram de oficinas públicas promovidas pela prefeitura com a coordenação técnica do arquiteto e urbanista Rubén Pesci, referência mundial na área. As oficinas, que ocorreram nos dias 26 e 27 de fevereiro, no Polo Véra Grin da Universidade Aberta do Brasil (UAB), foram uma oportunidade para a população pensar no futuro da cidade, apontando desafios e sugerindo possíveis soluções. Na ocasião, o prefeito João Alfredo Bertolucci lembrou da importância da cooperação da comunidade. “A presença de cada um de vocês é importante para pensarmos juntos o futuro de Gramado. Assim, podemos construir uma cidade sustentável e melhor para todos.”
As oficinas foram um espaço de diagnóstico, de diálogo e de opinião dos participantes para a Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável e Mobilidade Urbana. A metodologia utilizada durante as oficinas dividiu as pessoas em dois grupos, que trabalharam nas temáticas de Ecoforma, sobre questões de biodiversidade e ecossistemas naturais; e de Socioforma, que abordou questões sociais e econômicas. Para o arquiteto e urbanista Rubén Pesci, que lidera a equipe da Cepa Consultora, os trabalhos tiveram bom aproveitamento. “Percebemos um grande nível de comprometimento e responsabilidade das pessoas. Elas demonstram querer conhecer mais sua cidade e avançar na ideia de sustentabilidade econômica, social e ecológica. Esse é um trabalho de percepção e de mapeamento, que exige envolvimento comunitário”, disse.
O secretário de Planejamento, Urbanismo, Publicidade e Defesa Civil, Jeferson Zatti, agradeceu a participação da comunidade. “Fico muito feliz em saber que tantas pessoas se preocupam com o futuro da nossa cidade. Com a participação de todos, podemos debater questões, estabelecer prioridades e propor novas ideias”, destacou. O trabalho já desenvolvido pela Cepa em Gramado também foi apresentado nas oficinas, que inclui a realização de uma pesquisa com moradores para o mapeamento de dados sobre as dificuldades no trânsito, visitas de campo com a equipe projetual para reconhecimento das questões e problemáticas da cidade e oficinas com a equipe técnica municipal.
As próximas etapas da Agenda Estratégica envolvem uma pesquisa sobre o transporte público e uma nova oficina no final de março, em que a comunidade será convidada a participar novamente. Essa oficina trará os resultados dos últimos trabalhos, com os principais conflitos e as principais potencialidades observadas. O objetivo será encontrar estratégias sustentáveis, buscando combater os conflitos e aproveitar as oportunidades do município.
Iniciativa da administração municipal, a Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável e Mobilidade Urbana busca preparar Gramado para os desafios do crescimento com um olhar sustentável. Pesci e a equipe da Cepa Consultoria apresentarão à administração, em maio, além do Plano de Mobilidade, uma agenda de estratégias a curto, médio e longo prazo, que terão o papel de direcionar as políticas de desenvolvimento da cidade nas próximas décadas.