Município: Estrela

Artistas vencedoras do Prêmio Empreendedor Cultural farão roteiro de oficinas, passeios e apresentações CRÉDITO: PÉ DE VELA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Artistas vencedoras do Prêmio Empreendedor Cultural farão roteiro de oficinas, passeios e apresentações CRÉDITO: PÉ DE VELA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A passagem da Cia. Palma – arte de rua por Estrela já se iniciou, levando à cidade o Projeto Pé de Vela – Arte e Sustentabilidade, vencedor do 3° Prêmio Empreendedor Cultural 2017. As artistas Isandria Fermiano e Renata Nascimento, que se deslocam de bicicleta, ficarão uma semana no município, um dos sete do Estado escolhidos para integrar o roteiro. Nestes dias, com apoio da secretaria municipal de Cultura e Turismo (Secultur) e escolas locais, desenvolverão o foco do trabalho que se divide em três ações: espetáculos em espaço público, feira de sementes e oficinas de teatro e circo.
No total, a viagem das artistas de Esteio totalizará 288 quilômetros e 49 dias na estrada sobre bicicletas. O translado se iniciou dia 30 de outubro pela cidade natal e, desde então, as artistas já passaram por Ivoti, São Sebastião do Caí, Montenegro e, agora, chegaram em Estrela. O projeto seguirá por Taquari e Triunfo e, depois, as artistas retornam para Esteio. Segundo as idealizadoras, o Pé de Vela – arte e sustentabilidade é um projeto que busca compartilhar experiências artísticas e proporcionar espaços de convívio e de diálogo sobre qualidade de vida com simplicidade. Este projeto é fruto da vivência das artistas com exemplos de arte de rua, a viagem de bicicleta e o diálogo com as dinâmicas do sistema agroflorestal. Em momentos distintos, as artistas experimentaram estas vivências e, agora, através do Prêmio Empreendedor Cultural, resolveram dividi-las nesta viagem que vem se desenvolvendo ao longo dos últimos dias.
Em Estrela, serão cinco as atividades. No dia de ontem, já houve uma oficina de malabarismo, que terá outra edição hoje no Colégio Santo Antônio, a partir das 14h. Espetáculos de teatro acontecem nos dias 23 e 24, com respectivas apresentações no Colégio Martin Luther e na Escola Estadual de Educação Básica (EEEB) Vidal, a partir das 9h. Neste sábado, será realizada a Feira da Troca de Sementes, na Feira do Produtor de Estrela, e o Passeio de Bicicleta, aberto a pessoas da comunidade. No domingo, será apresentado o Espetáculo de Teatro no Parque Princesa do Vale. Mais informações podem ser obtidas na Secultur, pelo telefone (0xx51) 3981-1122.

Recital do Núcleo Cultural de Estrela atrai público de 500 pessoas

Município: Estrela

Evento anual reuniu mais de 250 artistas em uma noite de diversas apresentações CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Evento anual reuniu mais de 250 artistas em uma noite de diversas apresentações CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Um grande público prestigiou, na noite da última segunda-feira, a edição de 2017 do Recital Anual do Núcleo Cultural (NC) de Estrela. Mais de 500 pessoas compareceram à sede social da Sociedade Ginástica Estrela (Soges) para acompanhar as diversas apresentações protagonizadas por mais de 250 artistas das diversas oficinas e projetos desenvolvidos pelo NC ou em parceria. Pais, filhos e demais familiares dos alunos artistas, de todas as idades, chegaram cedo à Soges. Foi o caso da família Sprandel, de Novo Paraíso, que conseguiu um lugar nas primeiras filas para acompanhar de perto a apresentação da filha Maria Eduarda, de sete anos. “Estamos muito felizes, pois ela adora as aulas, adora tocar violão”, destaca o pai Eduardo Sprandel. “Sempre que pode, que recebe amigos ou familiares em casa, faz questão de se apresentar para nós. Hoje, será para o grande público. Não sei se ela teria outra oportunidade de fazer isso não fossem essas oficinas, de fácil acesso e baixo valor perto de outras existentes”, revela a mãe, Alexandra. A menina não escondeu a emoção antes de os shows começarem. Outro aluno a se apresentar foi Gabriel Santos, de nove anos, do bairro União. “Gosto muito. Quero continuar nas aulas no próximo ano”, ressalta o menino.
Com entrada franca, não demorou muito para o salão social ficar tomado. O público acompanhou mais de 10 apresentações, que ficaram a cargo de alunos da orquestra do NC; do grupo de acordeão e do Quarteto Fascínio; do Grupo Escaleta (formado por alunos do NC, da Escola Municipal de Ensino Fundamental – Emef – Arnaldo José Diel, da Emef Pedro Jorge Schmidt e do Centro Municipal de Atendimento Integrado – Cemai – Oriental); do coro adulto do NC; do coral infantil; e do Grupo Instrumental da Emef Professora Ruth Markus Huber.
O chamado grande grupo, que reuniu todos os alunos das oficinas desenvolvidas pelo NC (são mais de 500 alunos em aulas do projeto), abriu e fechou a noite de apresentações, com as músicas Que país é esse e Brasil, na amostra da temática da edição: a ditadura e a busca da liberdade. O grupo de teatro de Estrela, Go.Star, também realizou duas encenações que arrancaram aplausos de todos. No fim, homenagens foram realizadas aos professores das oficinas de músicas e todos os envolvidos com o NC e o evento. Os presentes também puderam acompanhar uma amostra dos trabalhos de arte desenvolvidos pela professora Anita Jasper. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (0xx51) 3981–1198 ou diretamente na secretaria municipal de Cultura e Turismo (Secultur).

Programação de Natal deste ano de Estrela é lançada

Município: Estrela

Atrações foram apresentadas na manhã da última segunda-feira CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Atrações foram apresentadas na manhã da última segunda-feira CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Um café da manhã seguido de uma entrevista coletiva marcou, na manhã da última segunda-feira, o lançamento do Natal em Estrela 2017. No evento, realizado no salão nobre da prefeitura, foram apresentadas a programação, as campanhas publicitárias e as plataformas digitais da festa natalina, entre elas, um inédito aplicativo que servirá de guia aos visitantes. Além da imprensa, marcaram presença o prefeito e seu vice, Rafael Mallmann e Valmor Griebeler; secretários municipais; o presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Rafael Fontana; e demais convidados.
A apresentação das atrações ficou a cargo da primeira-dama, Carine Schwingel. “O foco do nosso Natal são as pessoas, as famílias, muitas das quais antes saíam daqui, da nossa cidade, para ir a outras em busca de atrações, e agora não precisam mais, ou mesmo aquelas que não tinham acesso de forma alguma a um mundo encantado do Natal, e agora têm”, destaca. “E isso traz desenvolvimento turístico, econômico, para nossas empresas, município, além de uma valorização do que é nosso, inclusive o orgulho estrelense, além de ser um reforço da fé, espiritualidade de todos.”
Carine ressaltou ainda a importância do trabalho solidário, que ainda é necessário no barracão para a finalização dos enfeites natalinos, como também dos essenciais investimentos por parte do empresariado. “É importante frisar, pois muitos ainda confundem um pouco as coisas, que o governo de Estrela não é um apoiador do evento, assim como a câmara de vereadores; a Câmara do Comércio, Indústria e Serviços (Cacis); e o empresariado em geral, mas que ainda é necessário mais investimentos para termos uma festa ainda mais marcante. E eles seguem bem-vindos.” O vice-prefeito Valmor Griebeler completou: “E o Natal de Estrela já é uma referência para muitos no Estado, mas um trabalho que ainda está sendo construído com muito esforço”.
Na programação geral, um dos diferenciais da edição 2017 é que haverá shows diários no Parque Princesa do Vale entre os dias 24 de novembro e 27 de dezembro, tanto no palco central como em um palco flutuante no lago, assim como os shows nacionais, entre eles, Ira, Alemão Ronaldo, os Fagundes, Duca Leindecker e Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). No parque, além da praça de alimentação ampliada em relação à do ano passado, ocorrerá diariamente o show A magia das águas: luz, movimento e fogo e a presença do Papai Noel. Também será possível realizar os tradicionais passeios de Smelito (embarque e desembarque na praça Menna Barreto) e de “bicicleta-trenó”, uma das novidades do ano. Foram ressaltados ainda os novos enfeites natalinos na cidade, entre eles, um túnel de luz no calçadão, muitos confeccionados com materiais recicláveis.
Um dos destaques da coletiva ficou para a apresentação do aplicativo Natal em Estrela. Este servirá como uma espécie de guia gastronômico e de acesso a serviços para os visitantes do município. O aplicativo poderá ser baixado gratuitamente e trará informações sobre atendimento em diversas áreas, como transporte, saúde e segurança pública – com telefones úteis para os visitantes -, horários de ônibus, pontos de táxi e hospedagem. Tendo como destaque a gastronomia, permitirá acesso a dados sobre os restaurantes, os bares e as lanchonetes.

Caminhada Ecológica abre inscrições para terceira jornada em Estrela

Município: Estrela

Nova edição está agendada para o dia 12 de novembro, na localidade de Costão CRÉDITO: PAULO RICARDO SCHNEIDER/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Nova edição está agendada para o dia 12 de novembro, na localidade de Costão CRÉDITO: PAULO RICARDO SCHNEIDER/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Estão abertas as inscrições para a 4ª Caminhada Ecológica de Estrela. A terceira jornada apenas na temporada 2017 está agendada para o próximo dia 12 de novembro, a partir das 7h30min, mais uma vez tendo como cenário o interior da localidade de Costão, mas agora em novo roteiro, com 10 quilômetros. O evento, que também tem caráter social, aceitará inscrições até o dia 9 de novembro, ao custo de dois litros de leite longa vida (UHT) por participante, que serão posteriormente doados pela secretaria municipal de Esportes e Lazer (Smel) Estrela à Liga Feminina de Combate ao Câncer da cidade.
Neste ano, já foram realizadas duas caminhadas. A primeira, em março, teve 15 quilômetros percorridos, em um trajeto que se iniciou no Parque Princesa do Vale e foi em direção ao interior do município. Mais de 150 pessoas participaram. A última, no início de setembro, mas então com vagas limitadas, foi em Costão, em uma caminhada de nove quilômetros por trilhas locais que envolveram 100 participantes. Em 2016, na estreia das caminhadas, foram 54.
Conforme o titular da Smel, Julio Saldanha Pereira, o fato de se repetir Costão como local tem suas justificativas. “Claro que vamos alterar o roteiro. Mas é que o pessoal gostou muito da nossa última edição e também porque queremos explorar bastante o potencial destes locais. Assim, ainda damos a oportunidade para aqueles que não conseguiram participar da jornada passada de agora conhecerem um pouco dessa região”, explica. A diferença, desta vez, é que a concentração ocorrerá diretamente em Costão, mais precisamente no ginásio local. “Estaremos já no horário de verão, em um período também mais quente. Queremos então otimizar o evento, torná-lo mais objetivo em seu verdadeiro propósito que é a caminhada em si. Com isso, sem os deslocamentos, a tornaremos também mais rápida”. As inscrições devem ser realizadas em um link disponível na página da Smel. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail smel.esportes@estrela.rs.gov.br e pelo telefone (0xx51) 3981-1067.

Projeto promove educação e cuidado com o meio ambiente em Estrela

Município: Estrela

Geladeiras revitalizadas são utilizadas como baú de livros no bairro Boa União CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Geladeiras revitalizadas são utilizadas como baú de livros no bairro Boa União CRÉDITO: RODRIGO ANGELI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Um canteiro de rua, que antes servia muitas vezes de depósito irregular de lixo, agora está enfeitado por flores e até tem um banco para quem quiser ficar no local e, por exemplo, ler um livro. E as obras estão ali, à disposição de todos, dentro de uma geladeira, que funciona como armário para as mesmas. A proposta, que engajou muitas pessoas, passou a operar recentemente no bairro Boa União. O Projeto Geladeira Literária, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professora Ruth Markus Huber, além de revitalizar a área, conseguiu a doação de uma geladeira com o objetivo de armazenar os livros e revistas para as crianças e pessoas da escola e da comunidade. Outra já foi doada e, depois de reformada pelos alunos, ficará no pátio da escola com o mesmo propósito.
De acordo com a diretora da Ruth Markus Huber, o canteiro na rua Adão Henrique Fett não era bem visto pelas pessoas, pois era pouco cuidado. “Muitas vezes, estava com o mato alto, era utilizado por alguns como depósito para lixo, entulhos. Então pensamos em revitalizá-lo, e ao mesmo tempo fazer algo para que fosse melhor aproveitado”, diz Sabrina dos Santos. Foi aí que entrou a proposta do Geladeira Literária, integrante de outros projetos como o Meio Ambiente, uma questão de atitude; e o Agrinho. “Fizemos uma grande campanha. A secretaria do Meio Ambiente limpou a área, doou flores. A secretaria municipal de Esporte e Lazer (Smel) colocou um banco no local. Então, conseguimos a doação de uma geladeira por parte de uma professora nossa. Os alunos a limparam, a pintaram, e, agora, a secretária de Obras a fixou aqui no canteiro”, explica a diretora.
Os livros e revistas que estão na geladeira, a maioria infantis, também foram doados. A geladeira fica aberta e pode ser utilizada sempre por quem interessar. “O que pedimos é a contribuição de todos. Para que sempre devolvam os livros, e quando possível, façam novas doações”, relata Sabrina. Os colegas do 1º ano, Mariana da Rosa (de seis anos) e Gabriel de Vargas do Nascimento (de sete anos), estiveram com o restante da turma, conhecendo e enfeitando o local. “É legal, quero levar um livro para casa”, revela Mariana, já com o seu escolhido em mãos. Mostrando estar atento ao que é ensinado nos projetos, Gabriel destaca: “Precisamos de um mundo melhor. Ler e cuidar do meio ambiente faz bem para o nosso cérebro e nosso mundo”.
Uma outra geladeira também já foi doada, esta pelo Grêmio Esportivo Atlântico de Costão, que não queria mais o eletrodoméstico. Agora está sendo preparada para também ser utilizada no projeto e ser usada sempre que houver interesse por parte dos alunos. A diferença é que esta ficará no pátio da escola. “Por exemplo, nos intervalos, antes ou após o período escolar pelos estudantes”, explica a diretora. Mais informações podem ser obtidas na escola (na rua Adão Henrique Fett, nº 596 – Lot. IV, Bairro Boa União) e pelo telefone (0xx51) 3981-1073.