Semana dos Museus terá programação especial com muita cultura em Dois Irmãos

Município: Dois Irmãos

Museu Municipal sedia mensalmente atividades que integram a comunidade e buscam o resgate da identidade cultural local, valorizando a história dos imigrantes alemães CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOIS IRMÃOS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A prefeitura, por meio da secretaria municipal de Educação, Cultura e Desporto promove esta semana, até dia 18, a Semana dos Museus, tendo como tema Coleções Criam Conexões. As atividades se iniciam nesta terça-feira, dia 13, com a abertura oficial às 19h junto ao Museu Histórico Municipal de Dois Irmãos (avenida São Miguel, 1.658). A programação está sob a responsabilidade do departamento de Cultura.

Segundo a coordenadora Solange Kamphorst, a noite de lançamento das atividades contará com a apresentação do coral Wir Lieben das Lieben, palestra Coleções de Fotografias com o historiador Felipe Kuhn Braun, e apresentação do projeto de danças de Ivoti, Raízes da Paz.

Entre os dias 14 e 16 ocorre a exposição de coleções com visita guiada para os alunos das escolas de Dois Irmãos, que contará com a participação do colecionador Pedro Hugo Ferraz dos Santos. No sábado, dia 17, a visitação será aberta para a comunidade em geral, a partir das 13h30min. Já no domingo, dia 18, o Museu abre às 13h30min e a partir das 15h ocorrem apresentações artísticas com a banda da escola estadual 10 de Setembro, o CTG Portal da Serra, o Grupo de Danças Folclóricas Sonnenblume e o Grupo de Danças Mate Amargo. Nessa tarde, o caricaturista Márcio Dimer estará realizando seus trabalhos artísticos das 15h às 17h.

O Museu Municipal sedia mensalmente atividades que integram a comunidade, sempre buscando o resgate da identidade cultural local e valorizando a história dos imigrantes alemães que, a partir de 1825, deram origem à cidade. Conhecida também como Casa Kieling, o espaço permaneceu com os herdeiros da família até 1985, a partir de quando foi adquirida e restaurada pela administração municipal para sediar o Museu Histórico Municipal, oficialmente instalado em 1989. No mês de junho ocorrem as comemorações de aniversário, mais precisamente no dia 8, quando haverá uma programação especial das 13h30min às 17h, com apresentações artísticas e show com o cantor uruguaio Mário Barcos.

Cia Caixa do Elefante propõe uma reflexão sobre a percepção do tempo em novo espetáculo

Município: Dois Irmãos, Morro Reuter, Novo Hamburgo, Porto Alegre

Turnê de Ensaio Sobre o Tempo percorrerá quatro cidades até o próximo dia 31 CRÉDITO: FABIANA LAZZARI/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A Cia Caixa do Elefante Teatro de Bonecos estreia o espetáculo Ensaio Sobre o Tempo, que conjugará teatro de animação, dança e ilusionismo para apresentar, de forma poética, reflexões sobre a noção e percepção do tempo em nossa sociedade, inspiradas em escritos teóricos de Henry Bergson, Ítalo Calvino, Heidegger e Santo Agostinho. A primeira temporada teve início no último sábado, dia 8, em Morro Reuter, e ainda passará por Novo Hamburgo, Dois Irmãos e Porto Alegre. Neste ano, a Caixa do Elefante completa 23 anos de trajetória e conta com o patrocínio da Petrobras, através da seleção no Petrobras Cultural para manutenção de companhias de teatro. O processo de criação coletivo do grupo está presente no novo espetáculo.

Ensaio Sobre o Tempo foi desenvolvido a partir do encontro intenso entre os artistas talentosos e experientes, que trabalharam em regime de residência artística no Espaço de Convívio Artístico Vale Arvoredo, localizado em meio à mata nativa da Serra Gaúcha. Desta imersão, surgiram propostas criativas e um instigante resultado.

Com direção de Paulo Balardim, a montagem traz uma sensível atuação da atriz Carolina Garcia. A companhia buscou a parceria de Élcio Rossini para a composição da cenografia, figurino e iluminação, além da assessoria do mágico Eric Chartiot para ilusionismo e do físico Flávio Pohlmann Livi para pesquisa. A concepção dos bonecos e adereços ficou a cargo de Mário de Ballentti, com o auxílio de Marcos Nicolaiewsky. A trilha sonora é assinada por Carlos Badia.

Na ficção, há um andarilho perdido num espaço indeterminado que encontra objetos, os quais vão reativando suas memórias e ganhando corpo. Paulo Balardim explica que presente e passado se confundem, enquanto atriz e os bonecos se mesclam para produzir sentimentos. “O sentimento de finitude, a memória como forma de reviver o passado e a imaginação como projeção de futuro são inspirações para as cenas. Nosso trabalho incorpora recursos do teatro de animação e busca elaborar imagens poéticas sobre essas questões”, ressalta o diretor.

A trilha sonora conduz como narrativa os eventos que se sucedem, numa ordem não linear. E o espaço da cena acaba criando uma dimensão onírica. O espetáculo foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz e recebeu o financiamento do Fundo de Apoio à Cultura (FAC/RS) e do Fundo Municipal de Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Fumproarte).

Confira as datas e locais dos próximos espetáculos:

Novo Hamburgo: Dias 15,16 e 17 de março, às 20h e às 21h, no Espaço Cultural Entre Linhas – av. Dr. Maurício Cardoso, 905, térreo. Entrada franca

Dois Irmãos: Dias 21, 22 e 23 de março, às 20h, no Curto Arte – Teatro Adriano Schenkel – av. São Miguel, 830, sala 4 – Centro. Ingressos: R$ 10 antecipado e R$ 15 no dia.

Porto Alegre: De 27 a 31 de março, às 19h e às 21h, na Terreira da Tribo – rua Santos Dumont, 1186. Entrada franca.

Passeio ecológico agrega valores e novos conhecimentos em Dois Irmãos

Município: Dois Irmãos

Alunos e professores de seis escolas municipais interagiram nos trabalhos em equipe e nas trilhas da Fazenda Sonho Meu, de Canela CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE DOIS IRMÃOS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Os monitores ecológicos do município passaram por uma grande experiência recentemente, em ação que ficará marcada na memória de 78 alunos e dez professores de seis escolas do município. Trabalho em equipe, trilha ecológica e fortalecimento de valores como solidariedade e amizade foram destaques no passeio realizado na Fazenda Sonho Meu, em Canela. “Esse é o terceiro passeio que nós realizamos com os alunos do projeto. E sabemos como isso agrega valor ao trabalho e traz mais conhecimento para eles”, explica a coordenadora de Educação Ambiental, Ivana Collet. Para ela, passeios ecológicos possibilitam um reforço no que foi ensinado durante o ano, além de fazer com que os estudantes conheçam um ambiente pouco modificado pelas ações do homem.
O passeio contou com diversas atividades na propriedade, como passeios guiados, instruções sobre fauna e flora, brincadeiras em grupos, trilha ecológica, plantio de mudas de pitangueiras e banho em açude. “Foi um dia maravilhoso”, expressa Ivana. Participaram do passeio os monitores ecológicos e seus professores das escolas Albano Hansen, Arno Nienow, Paulo Arandt, Felippe Wendling, Matheus Grimm, 29 de Setembro e Imaculada Conceição. Durante todo o ano, os monitores ecológicos participam voluntariamente de atividades semanais no contraturno em cada escola, onde aprendem mais sobre o meio ambiente e realizam ações voltadas à área. “O passeio os capacita ainda mais para transformarem o meio onde vivem, somado a tudo o que já aprenderam através do projeto”, acrescenta Ivana.