Projeto Arte e Turismo apresenta Termas e Longevidade em Porto Alegre

Município: Cotiporã, Nova Prata, Protásio Alves, Veranópolis, Vila Flores

Artesanato polonês e degustação de produtos típicos são algumas das atrações que poderão ser conferidas CRÉDITO: ANA CRIS PAULUS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Artesanato polonês e degustação de produtos típicos são algumas das atrações que poderão ser conferidas CRÉDITO: ANA CRIS PAULUS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Nesta sexta-feira, o Roteiro Turístico Termas e Longevidade vai participar do Projeto Arte e Turismo no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), em Porto Alegre. A ação para divulgação turística da região foi organizada a convite da secretaria do Turismo, Esporte e Lazer (Setel) em parceria com o Margs, onde acontecem as atividades, com entrada franca.
A programação se inicia às 10h, com experiências feitas pelos empreendedores do roteiro, como L’Arte Ceccato, com cerâmica; Kariane Modelski, com arte polonesa; SPA Day com algumas terapias, entre outras atividades envolvendo os visitantes com o que eles encontram nos atrativos turísticos dos municípios de Cotiporã, Nova Prata, Protásio Alves, Veranópolis e Vila Flores. À tarde, às 14h, no Auditório Margs, acontece a abertura oficial com talentos culturais e divulgação do Roteiro Turístico Termas e Longevidade; já às 15h, no Café do Margs, será servido coquetel com degustação de produtos típicos do roteiro e apresentação musical. Durante toda a tarde, haverá divulgação de materiais informativos no Foyer.
Para o grupo Gestor do Termas e Longevidade, esta é mais uma oportunidade de divulgar a região na capital gaúcha, mostrando os atrativos e despertando a curiosidade no público para visitar o roteiro. Em 2016, o Termas e Longevidade já participou de várias feiras estaduais e o resultado está no aumento do número de turistas que tem escolhido o roteiro para passear, aproveitar as férias e desfrutar de experiências únicas de cultura, lazer e arte, bem como de gastronomia, bem estar e saúde.

 

Cultivo de uva de mesa ganha destaque em Cotiporã

Município: Cotiporã

Para esse ano, a produção vinícola promete chegar aos seis mil quilos, sortidos entre as uvas de mesa perlona, rainha itália e benitaka CRÉDITOS:ANA JÚLIA GRIGUOL/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Há alguns anos, o casal Daniela e Cristian Carteri dedicam-se a produção de uva de mesa, cuidada e tratada com muito carinho e dedicação. Para a uva estar pronta para degustação, o casal começa a trabalhar no mês de agosto do ano anterior, realizando os serviços de podar e amarrar, para a brotação iniciar corretamente no mês de setembro. Além do cuidado com a fruta, os parreirais são protegidos com estruturas que impedem a entrada de insetos e bichos, que podem prejudicar a produção.
Segundo Daniela, o único tratamento aplicado nas parreiras acontece no mês de outubro, que é quando o grão começa a crescer, evitando assim doenças como mofo, podridão e outras mais que surgem com a chegada da primavera. Após esse tratamento, o casal passa a cuidar das uvas com mais atenção, retirando apenas os grãos prejudicados para que não estraguem o cacho por completo. Tudo isso demonstra o carinho e a atenção que essas uvas recebem até chegar o momento certo da colheita. Não é por nada que hoje o parreiral tornou-se referência entre as uvas de mesa no município e até mesmo na região, recebendo diversos turistas para conhecer, degustar e adquirir as uvas. “Estamos recebendo turistas até mesmo de fora do Estado. Eles fotografam, fazem perguntas sobre a produção e sobre o trabalho que temos, é impressionante!”, afirmou Daniela.
Merenda escolar qualificada
Na cidade, em torno de 300 alunos frequentam as escolas da rede municipal de ensino, e necessitam de boas condições para alcançar os objetivos e resultados propostos pelos professores. Todos os detalhes devem ser levados em consideração no momento de planejar a rotina escolar, como por exemplo o ambiente, as salas, as aulas, a alimentação, entre outros. Para o ano de 2015, a prefeitura, através da secretária de Educação e Desporto, qualificou a merenda escolar, investindo mais de R$ 120 mil para suprir as necessidades das instituições, buscando servir refeições adequadas e de mais qualidade.
As mudanças ocorreram com o acompanhamento e orientação da nutricionista municipal Josiele Kesties, que trabalhou e estudou todos os casos para poder oferecer uma alimentação saudável em qualquer hora do dia. “O objetivo da alimentação escolar é fornecer para as nossas crianças a quantidade de nutrientes necessária para o seu desenvolvimento no período em que elas permanecem na escola”, afirmou Josiele.
Os cardápios foram analisados e elaborados com muita atenção, sendo compostos por frutas, verduras, legumes, leites e derivados, carnes, pães, massas e demais carboidratos. Todos esses nutrientes são importantes para o desenvolvimento da criança, além de contribuírem para o processo de aprendizagem. A vitamina B12, disponível nas carnes, tem relação com a memória. Já os alimentos de fonte de energia (pães e cereais), têm relação com a concentração e proporcionam uma melhor disposição para o desenvolvimento das atividades.
Josiele reforça a importância de estudar cada alimento e qual a sua contribuição para o cotidiano do aluno. O cardápio proposto oferece de quatro a cinco porções semanais de frutas, legumes e verduras, superando a quantidade mínima recomendada, que é de três porções semanais. Além disso, os hábitos alimentares regionais são valorizados, estando no cardápio conforme as refeições oferecidas, uma recomendação do Pnae (Programa Nacional da Alimentação Escolar). Para a secretária de Educação e Desporto Lenita Zanovello Tomazi, a elaboração do cardápio foi feita com muito carinho, pensando em unir uma alimentação saudável com a apreciação das crianças.

Feira do Livro 2014 contabiliza sucesso de público e de atrações em Cotiporã

Município: Cotiporã

Escrito pelos alunos, o livro Saberes e Sabores das Palavras foi lançado durante o evento, e emocionou pais e professores CRÉDITO: PREFEITURA MUNICIPAL DE COTIPORÃ/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Foram três dias cheios de programações culturais, danças, música, teatro apresentações das escolas, venda de livros, lançamentos, contação de histórias e muitas outras atrações. A Feira do Livro 2014, que aconteceu de 14 a 16 de agosto, foi um sucesso. Um dos momentos mais esperados pelos alunos das escolas municipais e da escola estadual foi o lançamento do livro Saberes e Sabores das Palavras, escrito pelos estudantes. Depois do lançamento, oficializado pela secretária municipal de Educação e Desporto, Lenita Zanovello Tomazi, os alunos tiveram a oportunidade de autografar seus livros. “Isso é algo que ficará marcado na vida dessas crianças e adolescentes, pois o sentimento é de orgulho para eles”, disse o prefeito José Carlos Breda, o idealizador do projeto de lançar o livro.
Dentro das programações da feira, também houve outro lançamento. Desta vez foi o livro Transparências, Evidências da Vida e da Alma, do poeta e escritor cotiporanense Adão Wons. Na oportunidade em que foi lançado, também aconteceu a filiação do poeta ao Partenon Literário, com a presença do presidente da instituição, Benedito Saldanha, e demais escritores associados, como Antônio Frizon e Adélia Einsfeldt.
O prefeito José Carlos Breda exaltou o potencial do escritor, e parabenizou-o pelo trabalho que realiza. O encerramento do evento contou com a apresentação da banda Farina Brothers, promovida pelo Sesc-RS. A Feira do Livro 2014 foi idealizada pela prefeitura, por meio das secretarias de Turismo e Cultura e de Educação e Desporto.

Cria+Ativa+Mente comemora sucesso das atividades

O Grupo Cria+Ativa+Mente, que faz parte das atividades desenvolvidas pela prefeitura municipal, por meio da secretaria de Saúde e Assistência Social e realização do Cras (Centro de Referência de Assistência Social), contabiliza resultados positivos com suas iniciativas e oficinas. O grupo resgata e fortalece vínculos familiares e sociais por meio de encontros semanais onde são abordados aspectos psicológicos e sociais, com acompanhamento técnico e o desenvolvimento de práticas artesanais. Entre as variadas técnicas de artesanato, o grupo confeccionou recentemente caixas decorativas com aplicação de biscuit, quando cada participante expressou sua imaginação e criatividade.