Projeto oferece aulas de natação para pessoas com deficiência em Canoas

Município: Canoas

Modalidade foi inaugurada há um mês e conta com seis alunos de 13 a 21 anos em sua primeira turma CRÉDITO: GUSTAVO GARBINO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Modalidade foi inaugurada há um mês e conta com seis alunos de 13 a 21 anos em sua primeira turma CRÉDITO: GUSTAVO GARBINO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O esporte para os paratletas visa melhorar suas condições físicas e psicológicas. No aspecto social, proporciona a oportunidade de aproximação com outras pessoas, além de reforçar a autoestima e o posicionamento do atleta com deficiência na sociedade. No município, a natação é o novo esporte para esses atletas. A modalidade, que foi inaugurada há um mês, conta com sua primeira turma, que é integrada por seis alunos, de 13 a 21 anos, estudantes da Instituição Pestalozzi Canoas, com deficiências intelectuais. A turma iniciante irá participar da sua primeira competição, que será realizada em Santa Cruz do Sul, dias 22 e 23 de outubro deste ano. As inscrições estão abertas e podem ser feitas diretamente na Fundação La Sallle. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (0xx51) 3031-3170.
A coordenadora do projeto e monitora, Cindy Amaral Pacheco, acredita que a atividade é uma oportunidade única, gratuita, que além de desenvolver o corpo dos adolescentes, ainda tem uma participação importante na sociabilidade. “A prática esportiva, além de ser boa para a saúde, é excepcional para a interatividade. E o intuito do projeto é justamente este, proporcionar uma atividade física aos paratletas, criando e aprimorando equipes em todo o município”.
“O projeto é maravilhoso, dá oportunidade para terem um esporte em suas vidas e ajuda no desenvolvimento motor, na capacidade de aprendizagem”, fala Tatiani Silva Corrêa, mãe da aluna Francielli Silva Corrêa. “Atualmente, com a atividade física, minha filha quer se tornar uma atleta paraolímpica, e o interesse por crescer na vida é muito maior com o incentivo do esporte”, completa a mãe. Para Tatiani, o preconceito é diário, mas, com o projeto, os filhos “sentem-se acolhidos na sociedade. E nós, mães, acreditamos que nossos filhos podem ir além do que a sociedade impõe”.
Atividade teve início em fevereiro
Em fevereiro deste ano, iniciou-se o projeto Em Canoas o esporte rendimento é para todos. Proposto pela Fundação La Salle, trabalha com cinco modalidades paralímpicas: futebol de cinco para cegos, basquete em cadeiras de rodas, atletismo, goalball e natação.
Trata-se de um projeto pioneiro, que trabalha com demandas do paradesporto no Rio Grande do Sul. A iniciativa tem o patrocínio exclusivo das Lojas Lebes e é realizado por meio da prefeitura e da Lei Pró-Esporte, do governo estadual. A execução do trabalho é da Fundação La Salle, que conta com centros, unidades esportivas, ginásios e outras áreas público-privadas para realização das aulas e treinamentos.
O projeto deve se estender até fevereiro de 2017 e conta com orçamento de R$ 872.322,96. Parte dos recursos do projeto é voltada para o atendimento às equipes representativas do município nas modalidades de handebol, basquete, vôlei, futsal e futebol de campo. As aulas são realizadas no Ginásio Esportivo do Unilasalle Canoas (entrada pela rua XV de Janeiro), todas as terças e quintas-feiras, das 11h às 12h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (0xx51) 3031-3169.
Inscrições abertas para grafitagem no Hangar Cultural
A prefeitura abriu as inscrições para a seleção de propostas artísticas na área de artes visuais, na categoria grafite, para intervenção no Hangar Cultural, no bairro Guajuviras. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 26 de agosto, na Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão (CAC), na rua Ipiranga, nº 120, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, encaminhando-as para a secretaria municipal de Cultura. Seis propostas serão selecionadas e aplicadas em cada um dos seis módulos que compõem as fachadas laterais do complexo cultural. Elas têm 5,45 m de altura por 7 m de largura e são compostas por chapas em aço galvanizado.
Inscrições abertas para grafitagem no Hangar Cultural
A prefeitura abriu as inscrições para a seleção de propostas artísticas na área de artes visuais, na categoria grafite, para intervenção no Hangar Cultural, no bairro Guajuviras. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 26 de agosto, na Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão (CAC), na rua Ipiranga, nº 120, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, encaminhando-as para a secretaria municipal de Cultura. Seis propostas serão selecionadas e aplicadas em cada um dos seis módulos que compõem as fachadas laterais do complexo cultural. Elas têm 5,45 m de altura por 7 m de largura e são compostas por chapas em aço galvanizado.
Biblioteca tem programação especial neste mês
A Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva (rua Ipiranga, nº 105) traz sua programação de agosto com ações de incentivo à leitura, encontros com escritores, visitas guiadas ao patrimônio histórico e mediação de leituras nas bibliopraças e bibliotecas das subprefeituras. Entre os destaques da programação, estão o Projeto Livro Vivo, que acontece hoje, às 14h30min, com um encontro com o escritor José Dari Simi; e a palestra sobre as leituras obrigatórias do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) sobre o livro A Noite das Mulheres Cantoras, de Lídia Jorge, com a professora Jéssica Fraga, que acontece no dia 24, a partir das 19h30min.
Prefeitura urbanizará área pública no Mathias Velho
A secretaria de Obras iniciará, no final de agosto, a urbanização de uma área pública paralela à rua Florianópolis, no bairro Mathias Velho, onde foi construída uma galeria pluvial em concreto armado. Prevista para ser concluída em novembro, a intervenção consiste em ciclovia, pista de caminhada, gramado, academia, playground e bancos. O investimento provém de verba federal e do Banco de Desenvolvimento da América Latina. A galeria pluvial destina-se à captação e escoamento de água pluvial coletada pelas bocas de lobo. Elas evitam enchentes em áreas de acúmulo de água nas vias, e organizam a vazão até o corpo receptor (córregos, rios e mares).

 

Centro de Bem-Estar Animal realiza ação em escola de Canoas

Município: Canoas

Estudantes participaram de atividade de instrução e conhecimento sobre os animais CRÉDITO: PAULA VINHAS /DIVULGAÇÃO/CIDADES

Estudantes participaram de atividade de instrução e conhecimento sobre os animais CRÉDITO: PAULA VINHAS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Os alunos do Colégio Luterano Concórdia Canoas participaram, no dia 30 de maio, de ação especial em conjunto com a Coordenadoria do Bem-Estar Animal. Os estudantes receberam a gestora da coordenadoria, Silvia Hansen, para uma atividade de instrução e conhecimento sobre os animais. Uma cartilha voltada ao público infantil e que trata da posse responsável de animais domésticos foi distribuída aos alunos do 2º ano.
A cadela pit bull Mel encantou e animou a turma, ajudando os gestores a explicar sobre maus-tratos, abandono e instruções para o bom convívio e respeito com os animais. O Projeto Soltando os bichos na escola visa incentivar estudantes ao desenvolvimento da guarda responsável, a importância da esterilização, da adoção consciente, e da vacinação como meio de coibir a exploração comercial, maus-tratos, abandono, superpopulação e proliferação de doenças. A proposta deste material é sensibilizar os alunos, desde cedo, sobre a responsabilização compartilhada na proteção aos animais, incentivando, assim, o cuidado de forma conjunta com seus familiares.
Incentivada pela professora Christiane Oliveira e pelos livros, a turma também preparou uma campanha de conscientização chamada Animal de estimação não é brinquedo não. Os alunos elaboraram cartazes e arrecadaram jornais destinados ao Centro de Bem-Estar Animal. Admirada com o empenho dos alunos, Christiane comentou sobre o tempo de arrecadação. ”Em cerca de uma semana foram cerca de 10 caixas de jornais”, relatou a professora.
Professores interessados em aderir ao projeto podem se capacitar e trabalhar em sala de aula. A cartilha será distribuída a estudantes de escolas do município. Os interessados em levar o projeto para sua escola devem entrar em contato pelo e-mail educacaobea@gmail.com.

 

Infovia garante uma cidade mais inovadora e conectada

Município: Canoas

A possibilidade de acesso fácil e gratuito ao serviço de internet se transforma em um facilitador da vida do cidadão CRÉDITO: JOÃO MATTOS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A possibilidade de acesso fácil e gratuito ao serviço de internet se transforma em um facilitador da vida do cidadão
CRÉDITO: JOÃO MATTOS/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A Infovia está entre os grandes projetos que consolidam a ideia de uma Canoas cada vez mais inovadora. Ela já está interligando, através de fibra ótica, uma rede de multisserviços, integrando dados de secretarias da administração, além de escolas, postos de saúde e monitoramento de segurança em toda a cidade, qualificando e dando agilidade ao serviço público. Uma das pontas dessa Infovia é o Canoas Wi-Fi. O sistema que possibilita acesso livre e democrático à internet já possui mais de 11 mil usuários cadastrados, com uma média de 150 novos usuários ao dia. Atualmente, está disponível na Praça da Bandeira e na Praça da Emancipação, além de poder ser acessado em alguns prédios da administração pública e nas suas proximidades.

Nesta segunda-feira, dia 14 de março, o Canoas Wi-Fi teve seu lançamento oficial, quando foi apresentado pelo Canoastec (Fundação Municipal de Tecnologia da Informação e Comunicação de Canoas), órgão que tem a responsabilidade de gerenciar e assessorar o executivo em relação à tecnologia da informação e comunicação. Logo depois, acontece o Ágora em Rede, ferramenta de participação, com o prefeito municipal Jairo Jorge atendendo via internet os questionamentos dos cidadãos.
Mais dois pontos de Wi-Fi estarão sendo entregues em março, com os parques Eduardo Gomes e Getúlio Vargas (Capão do Corvo). A ideia é estar presente em todas as grandes praças e parques da cidade, proporcionando internet de qualidade ao cidadão. O Canoas Wi-Fi também estimula o acesso aos serviços disponibilizados pela prefeitura. A possibilidade de acesso fácil e gratuito ao serviço de internet se transforma em um facilitador da vida do cidadão. Com smartphone, tablet ou computador, qualquer pessoa pode acessar uma rede de serviços e de informações disponíveis pela administração pública.
No Portal da Transparência, terá acesso aos gastos públicos, aos horários e linhas do transporte coletivo, através do aplicativo CanoasMobi, do cadastro para uma colocação profissional, com o Banco de Oportunidades, a inscrição para os cursos dos Territórios Digitais, sem contar o acesso às notícias, agenda, vídeos e áudios no portal da prefeitura. Também com um aplicativo, é possível ouvir a Rádio Canoas On-Line, com música e informação. O acesso ao Canoas Wi-Fi pode ser obtido após o reconhecimento da rede no smartphone ou computador e preenchimento de um cadastro básico.
“A previsão de investimentos em tecnologia no período 2015/2016 do projeto da Infovia da prefeitura é de R$ 21,9 milhões, incluindo redes de fibra ótica, Datacenter, equipamentos de rede, armazenamento e processamento de informações. Destes, aproximadamente R$ 12 milhões já foram executados. Estes investimentos buscam melhorar a disponibilidade, qualidade e agilidade nos serviços públicos e o acesso do cidadão”, comenta José Eduardo Bueno de Oliveira, presidente da Canoastec.

 

Programas de Incentivo à Cultura ganham lançamento em Canoas

Município: Canoas

Lançamento contará com apresentação da orquestra Trilhos Sonoros. CRÉDITO: BRENDA GARNIZE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Lançamento contará com apresentação da orquestra Trilhos Sonoros.
CRÉDITO: BRENDA GARNIZE/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O Auditório Sady Schwitz (rua XV de Janeiro, 11) será palco dia 14, a partir das 19h, do lançamento de três boas notícias para a produção cultural canoense. Com editais já publicados, serão conhecidos detalhes dos Programas de Incentivo à Cultura (PIC) e Microcrédito Cultural/2015. Também será apresentado o já aprovado Projeto de Lei nº 5.969/2015, que institui o Fundo Municipal de Cultura de Canoas. Além da presença do prefeito municipal de Canoas Jairo Jorge e secretariado, o lançamento contará com apresentação da orquestra Trilhos Sonoros, projeto que já foi contemplado com o Programa Microcrédito Cultural e que se apresentou, recentemente, na programação do Natal da Transformação.

Até o próximo dia 29 de fevereiro, estarão abertas as inscrições de projetos a serem selecionados pelo Programa de Microcrédito Cultural 2015 e pelo Programa de Incentivo à Cultura (PIC) 2015. O edital com todos os detalhes, regramento e formulários, está disponível no www.canoas.rs.gov.br e também na secretaria municipal de Cultura de Canoas (rua Ipiranga, 105).

Desenvolvido pelo município de Canoas através da secretaria municipal da Cultura, o Programa Microcrédito Cultural objetiva, principalmente, o incentivo a artistas e/ou grupos artísticos iniciantes, pequenos produtores e entidades culturais. Já o Programa de Incentivo à Cultura – PIC, outra política pública de apoio a projetos artístico-culturais, tem por objetivo fomentar a economia da cultura local e incentivar artistas, grupos artísticos e produtores culturais independentes, pessoas físicas e jurídicas, com ou sem fins lucrativos. O programa cobre integralmente o custo de cada projeto selecionado, que desenvolva ações culturais nas diferentes linguagens e que tenha por finalidade a realização de um produto cultural no município de Canoas.

A montagem de “O Médico e o Monstro”, resultado de uma oficina de formação de atores e que terá parte apresentada em janeiro na Casa das Artes Villa Mimosa; e o livro “No Reino da Porcália”, do escritor Décio Dalke são alguns dos projetos contemplados na última edição do Programa de Microcrédito Cultural, assim como o álbum “Conexión”, de Pedro Longes, contemplado com o PIC.

A Lei nº 5.969/2015, foi aprovada pela câmara de vereadores de Canoas e institui o Fundo Municipal de Cultura de Canoas (FMCC), vinculado à secretaria municipal da Cultura, em proposta feita pelo executivo, foi sancionada recentemente pelo prefeito Jairo Jorge.

O fundo fará a concessão de incentivo financeiro a projetos de natureza artístico-cultural em favor de pessoas físicas e/ou jurídicas, com ou sem fins lucrativos, sob controle e orientação do Conselho Municipal Competente na Área de Políticas Culturais. Os recursos do Fundo serão provenientes de repasses do Município, Estado ou União.

 

Mesmo com chuva, comunidade do São José prestigia Programa em Canoas

Município: Canoas

Neiva Pasquoalin participou pela primeira vez do Prefeitura na Rua CRÉDITO: Neiva Pasquoalin participou pela primeira vez do Prefeitura na Rua

Neiva Pasquoalin participou pela primeira vez do Prefeitura na Rua
CRÉDITO: Neiva Pasquoalin participou pela primeira vez do Prefeitura na Rua

Mesmo com dia chuvoso, 66 demandas da comunidade dos bairros São José, São Luís e Igara foram atendidas pela prefeitura, secretários e diretores municipais. A 262ª edição do Prefeitura na Rua aconteceu ao lado da praça Primeiro de Julho, na rua A, no bairro São José. Desde janeiro de 2009, quando o projeto foi lançado, já são 27.249 atendimentos à comunidade.
O prefeito Jairo Jorge lembrou que a comunidade, durante todas as edições realizadas, contribuiu muito para as melhorias que foram feitas na cidade. Na oportunidade, ele convidou os presentes para visitarem o parque Eduardo Gomes, onde acontecem diversas atividades dentro da programação da 23ª Semana Farroupilha, que se encerra no domingo, 20 de setembro.
Neste sábado, durante o evento, o prefeito recebeu também o grupo Sirius, formado por adultos e crianças da igreja Adventista do bairro Guajuviras. “Viemos agradecer pelo bom trabalho da prefeitura na nossa região”, afirmou a líder do grupo, Rosângela Sippert.
Pela primeira vez participando, a moradora do bairro São José há quase 40 anos, Neiva Pasquoalin, conta que foi até o Prefeitura na Rua para buscar informações sobre como proceder para encaminhar uma cirurgia de quadril para a cunhada e obteve resposta. “Acho esta iniciativa ótima. A aproximação do poder público com a comunidade é muito válida”, destacou satisfeita depois de conversar com o prefeito.
Ajuste na sinalização, para ordenar o intenso fluxo de trânsito na rua Bolívia, em razão do movimento de carros, principalmente dos estudantes da Ulbra e dos pacientes do Hospital Universitário (HU), foi a solicitação da professora aposentada Arlete Stegues Kurtz. Ela buscou também orientações com a equipe da coordenadoria de Bem-Estar Animal, sobre os gatos que têm em casa. “Tenho gatos muito velhos e doentes em casa. Sei que o trabalho da prefeitura é voltado aos animais de rua, mas mesmo assim busquei informações sobre locais para o tratamento deles e fui muito bem atendida.”
A comunidade teve acesso a serviços do Centro Referência de Assistência Social Móvel, com encaminhamento para a confecção de documentos e cadastro do Cadúnico da Feira de Economia Solidária, que oferece alimentos e produtos artesanais, da Corsan, e de todas as demais secretarias e coordenadorias do município.