Sparkling Night Run 2017 movimenta as ruas de Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Prova teve participação de mais de 600 atletas vindos de diversas localidades CRÉDITO: MÁRCIO RODRIGUES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Prova teve participação de mais de 600 atletas vindos de diversas localidades CRÉDITO: MÁRCIO RODRIGUES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Cuidar da saúde pode ser muito divertido e bastante saboroso – foi o que comprovou a Sparkling Night Run 2017. Consolidada como a corrida noturna de rua mais charmosa da região, a prova teve a participação de mais de 600 atletas em sua quarta edição. Competidores vindos de diferentes estados – entre eles Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro -, além de gaúchos de mais de 40 municípios, tomaram as ruas de Bento Gonçalves no dia 11 de novembro para uma celebração do esporte e dos prazeres da enogastronomia.
Reunidos na Via Del Vino, os corredores iniciaram seu desafio às 20h30min – percorrendo cinco ou 10 quilômetros, nas modalidades individual ou revezamento (duplas). Durante o trajeto, tiveram a chance de ver alguns dos tradicionais cartões-postais da cidade sob uma nova ótica, bela e surpreendente. Ao cruzar a linha de chegada, brindaram o recebimento da medalha de participação degustando uma taça borbulhante de espumante.
Enquanto assistiam à entrega dos troféus aos vencedores de cada categoria, puderem repor as energias com as massas preparadas pela Orquidea, oferecidas com exclusividade aos atletas da prova, e confraternizar com os colegas de desafio. “A Sparkling Night Run conseguiu integrar as pessoas em uma grande festa, com atrações para todos os gostos e tipos de público. É emocionante ver o Centro da cidade tomado por visitantes e integrantes da nossa comunidade reunidos para celebrar o esporte e as belezas de Bento Gonçalves, configurando um momento ímpar de congraçamento e, principalmente, nessa edição, de reconhecimento à emblemática marca dos 50 anos da Fenavinho Brasil, evento de fundamental importância para o desenvolvimento socioeconômico e turístico de nossa cidade, que foi tema do evento gastronômico de 2017. Ficamos muito orgulhosos com o resultado desse trabalho”, avalia Laudir Miguel Piccoli, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), entidade promotora da Sparkling Night Run. Os resultados da prova podem ser acessados no site www.sparklingnightrun.com.br/.
Quem optou apenas por assistir à corrida também teve uma noite de bastante diversão, apreciando as atrações do evento gastronômico que tomou a avenida Cândido Costa – especialmente decorada com a temática alusiva à comemoração dos 50 anos da Fenavinho Brasil. Cerca de 2 mil pessoas circularam pelo local, aproveitando os lanches gourmet oferecidos por diversos foodtrucks e bebendo premiados espumantes, vinhos e sucos de uva oferecidos no winenar. A Sparkling Night Run 2017 teve a parceria de Bento Pura Inspiração, Casttini Móveis, Centro de Ensino Superior de Bento Gonçalves (Cnec), ExpoBento, Giordani Turismo, Mérica Transportes, Orquídea, Ortafrutti, prefeitura, Santo Antônio Transportes, Santa Clara, Sicredi, Super Apolo, Vinícola Aurora, Vinícola Boccati, Vinícola Nova Aliança e Vinícola Salton, além do apoio do hotel Vinocap. A corrida noturna é uma realização do CIC-BG.

3º Dal Pizzol Day Festival ocorre no dia 4 de novembro em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Evento enogastronômico a céu aberto terá atrações sensoriais CRÉDITO: SILVANA AIBEL PERUSSO GARBIN/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Evento enogastronômico a céu aberto terá atrações sensoriais CRÉDITO: SILVANA AIBEL PERUSSO GARBIN/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A próxima edição do Dal Pizzol Day Festival já tem data marcada. No dia 4 de novembro, o Ecomuseu da Cultura do Vinho, em Faria Lemos, interior de Bento Gonçalves, vai abrir suas portas para receber famílias, grupos de amigos e casais apaixonados. Vinhos, espumantes, quitutes e boa música compõem o evento. Serão nove horas para curtir ao ar livre tudo o que a cultura do vinho e a gastronomia proporcionam, aliados a um cenário natural privilegiado pela fauna e flora da região.
A partir do meio-dia, o espumante já estará gelado e o fogão aquecido, preparando os quitutes que poderão ser saboreados no almoço e durante todo o festival. O cardápio inclui, entre outros, hambúrgueres, massas e batata rústica, que poderão ser harmonizados com vinhos, espumantes e suco de uva Dal Pizzol. Entre as atrações musicais confirmadas, estão as bandas Monty Python Band e Dan Ferreti e Percussão. E, para quem curte carros antigos, o local sediará o 55º Encontro Mensal do Veteran Car Vinhedos. Ideal para quem aprecia experiências únicas, que foge protocolos formais, o 3º Dal Pizzol Day Festival permite que cada pessoa curta o dia nos espaços entre árvores, a beira dos lagos, em bancos feitos de troncos, paletes e bordalesas, ou ainda nas mesinhas e cadeiras espalhadas pelo local. Também é possível levar a própria cadeira, almofadas ou mantas.
Entre uma taça e outra, a dica é caminhar pelo ecomuseu e conhecer mais sobre o mundo do vinho, visitando a sala de exposição permanente com rótulos históricos, o primeiro vinhedo do imigrante, o vinhedo do mundo e a enoteca. Os ingressos estarão à venda no local por R$ 15,00 por pessoa, com direito a uma taça personalizado com uma dose de vinho, espumante ou suco de uva. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (0xx54) 3449-2255 ou pelo e-mail dalpizzol@dalpizzol.com.br.

Circuito Ciclístico incentiva prática do esporte em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Atividade ocorreu na manhã do último domingo, no bairro Planalto CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Atividade ocorreu na manhã do último domingo, no bairro Planalto CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Esbanjando disposição e motivação, ciclistas de Bento Gonçalves encararam uma manhã cinzenta de chuva para participar do Circuito Ciclístico promovido pelo Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) no último domingo, dia 8 de outubro. Reunidos na rua Presidente Costa e Silva, eles percorreram um trajeto de sete quilômetros pelo bairro Planalto – mostrando que não existem impeditivos para o importante desafio de agregar mais qualidade de vida à rotina por meio da adoção regular da prática de atividades física.
Tanto que nem mesmo as condições climáticas pouco atrativas desmotivaram o jovem Ariel Fachinelli Ismael diante da oportunidade de participar de seu primeiro passeio coletivo. “Gosto muito de andar de bicicleta, sempre faço trilhas com meus amigos, principalmente no fim de semana, quando tenho mais tempo livre. Estava muito ansioso em fazer esse circuito”, comentou.
Os pequenos também deram exemplo de que o hábito de praticar exercícios físicos se adquire desde cedo. Bernardo Frare, de cinco anos, convenceu a família toda a sair de casa bem cedinho e aproveitar o domingo para pedalar. Acompanhado da mãe, Lea Rodrigues Frare, ele percorreu os dos quilômetros do trajeto da modalidade Kids e recebeu sua medalha de participação após concluir o circuito. “Ele é uma criança muito ativa, que gosta muito de praticar esportes. Sempre que possível, procuramos levá-lo para atividades assim, incentivando a gostar das atividades físicas”, conta. Além da diversão durante o programa, Bernardo foi para casa com uma bicicleta novinha, que ganhou no sorteio de prêmios realizado entre os participantes após a prova.
Promovido em âmbito nacional pelo Sest/Senat, o Circuito Ciclístico é uma iniciativa para sensibilizar a sociedade sobre a importância do combate ao sedentarismo e adoção de hábitos mais saudáveis na rotina, bem como fomentar a conscientização no que diz respeito às boas práticas no trânsito. A etapa Bento Gonçalves integrou um total de 17 edições que, desde o início do ano, têm ocorrido por todo o País.
“Infelizmente, o tempo não colaborou no dia do passeio, diminuindo a adesão, mas ficamos muito satisfeitos por todo o trabalho prévio de conscientização e repasse de informações. Visitamos inúmeras empresas do setor de transportes, repassando dicas de qualidade de vida e mostrando às pessoas os benefícios da prática de esportes. Mesmo que nem todos os inscritos tenham tido a oportunidade de pedalar nesse domingo, a mensagem compartilhada pelo Sest/Senat certamente vai ajudá-los a promover pequenas mudanças favoráveis na rotina”, avalia o diretor da unidade do Sest/Senat de Bento Gonçalves, Eduardo Caleffi.

Bento em Dança segue com apresentações até este sábado em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

25ª edição do festival deve reunir mais de 6 mil bailarinos CRÉDITO: SOLANGE AVELINO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

25ª edição do festival deve reunir mais de 6 mil bailarinos CRÉDITO: SOLANGE AVELINO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Apenas nos dois primeiros dias de Bento em Dança, 161 coreografias povoaram o palco de um dos mais importantes festivais do País em uma mistura de gêneros que coloca em cena a performance de crianças e adolescentes da Argentina, Brasil, Chile, Itália, Uruguai e Venezuela. A 25ª edição, que se iniciou no dia 7 de outubro, será embalada por 627 coreografias nas oito noites de concursos, 18 oficinas durante o dia, além de apresentações na Mostra Aberta em dois palcos montados na cidade. O festival segue até sábado, dia 14, devendo reunir mais de 6 mil bailarinos. Os espetáculos acontecem no pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves e os ingressos podem ser adquiridos no local por R$ 20,00.
A apresentação do primeiro bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro Cícero Gomes, e da primeira solista Melissa Oliveira, foi o grande destaque da noite de abertura com a exibição do Grand Pas de Deux do Cisne Negro que faz parte do terceiro ato do Ballet Lago dos Cisnes. Dramático, o balé é dividido em quatro atos, com música de Tchaikovsky composta em 1876, e coreografia de Marius Petipá e Lev Ivanov, estreada em 1895. Eles se apresentaram entre os dois blocos do concurso, que, nesta edição, já começou no primeiro dia do evento em razão do grande número de coreografias inscritas.
Somente no dia 7, foram 76 coreografias de balé clássico de repertório e do neoclássico e clássico livre. No domingo, dia 8, o número subiu para 85, contemplando, ainda, Técnicas Contemporâneas de Dança. Os mesmos gêneros seguem até hoje. Nesta quarta-feira, dia 11, é que começam a figurar estilo livre, jazz e danças urbanas. E, para quem aprecia danças populares e sapateado, a noite de sexta-feira, 13, é a indicada.
No último dia do festival, 14, acontece a Gala de Encerramento, com a apresentação dos grandes vencedores, um espetáculo para quem aprecia a arte. Para a presidente do Bento em Dança, Erci Grapiglia, o festival celebra a pluralidade cultural e dá voz à dança. “Nesses 25 anos, ajudamos a transformar alunos em grandes bailarinos, viabilizamos intercâmbios que transformaram a vida de muitos estudantes e promovemos a dança como uma expressão artística. E fizemos tudo isso por amor à arte, por compreender que através da dança é possível comunicar, emocionar, interagir”.
Durante o dia, também no pavilhão E, milhares de bailarinos se dedicam ao aperfeiçoamento profissional em oficinas ministradas por 13 professores especializados em diferentes áreas. Serão 69 horas de aulas, em uma maratona que reúne técnica, sensibilidade, habilidade, dedicação e muito treino. A programação se inicia às 9h e segue até às 16h com oficinas em espaços simultâneos montados especialmente para proporcionar aos bailarinos, além do contato com grandes nomes da dança, a oportunidade de evoluir tecnicamente. Bento em Dança é uma realização da Associação Cultural Bento Gonçalves e conta com o patrocínio da Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e do Banrisul.

Bento em Dança chega a sua 25ª edição neste mês em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Festival terá mais de 600 coreografias em oito noites, reunindo cerca de 6 mil bailarinos CRÉDITO: BALLET STUDIO ESCOLA DE DANÇA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Festival terá mais de 600 coreografias em oito noites, reunindo cerca de 6 mil bailarinos CRÉDITO: BALLET STUDIO ESCOLA DE DANÇA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Há 25 anos, sempre no mês de outubro, Bento Gonçalves, a Capital Brasileira do Vinho, é também a Capital da Dança. Considerado um dos principais festivais de dança do País no gênero, o Bento em Dança já reuniu no período mais de 140 mil bailarinos de mais de 20 países, contribuindo para a promoção da dança como expressão artística, além de estimular a integração de povos e culturas. A partir deste sábado, dia 7, a cidade vai ser embalada por 627 coreografias, 18 oficinas e aproximadamente 6 mil bailarinos, que movimentarão a cidade até o dia 14. O 25º Bento em Dança acontece no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves.
Serão cerca de 50 horas de apresentações, em oito noites de espetáculos, todas abertas ao público com ingresso a R$ 20,00, sendo que estudantes e idosos pagam meia-entrada. O balé, nos gêneros Clássico de Repertório e Neoclássico e Clássico Livre reúne o maior número de inscrições com cerca de 300 coreografias. Jazz, estilo livre, técnicas contemporâneas de dança, danças populares, danças urbanas e sapateado completam a relação de gêneros da dança.
Uma das novidades desta edição é o início das competições já na primeira noite. Cícero Gomes, primeiro bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e a solista Melissa Oliveira, serão atração na abertura dançando Cisne Negro. No último dia do festival, 14, acontece a Gala de Encerramento com a apresentação dos grandes vencedores, um espetáculo para quem aprecia a arte. Para a presidente do Bento em Dança, Erci Grapiglia, o festival celebra a pluralidade cultural e dá voz à dança. “Nesses 25 anos, ajudamos a transformar alunos em grandes bailarinos, viabilizamos intercâmbios que transformaram a vida de muitos estudantes e promovemos a dança como uma expressão artística. E fizemos tudo isso por amor à arte, por compreender que através da dança é possível comunicar, emocionar, interagir”.
Durante o dia, também no Pavilhão E, milhares de bailarinos se dedicam ao aperfeiçoamento profissional em oficinas ministradas por 13 professores especializados em diferentes áreas. Serão 69 horas de aulas em uma maratona que reúne técnica, sensibilidade, habilidade, dedicação e muito treino. A programação se inicia às 9h e segue até às 16h com oficinas em espaços simultâneos montados especialmente para proporcionar aos bailarinos, além do contato com grandes nomes da dança, a oportunidade de evoluir tecnicamente. As inscrições para oficinas ainda estão abertas e podem ser feitas pelo site www.bentoemdanca.com.br. No dia 14, não haverá oficinas. O Bento em Dança é uma realização da Associação Cultural Bento Gonçalves e conta com o patrocínio da Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e do Banrisul.