Público da ExpoBento ultrapassou os 226 mil visitantes em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Após 11 dias de programação, feira consagra sua 27ª edição com recorde de público, inovações e boas vendas CRÉDITO: EMERSON RIBEIRO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Após 11 dias de programação, feira consagra sua 27ª edição com recorde de público, inovações e boas vendas CRÉDITO: EMERSON RIBEIRO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Superação é a palavra que melhor define a ExpoBento 2017, que foi marcada por recordes. Após 11 dias de programação, a maior feira multissetorial do País se encerrou no último domingo, dia 18 de junho, mostrando números superlativos: 226.151 visitantes estiveram no Parque de Eventos, ou seja, 7,5% a mais do que o público da edição anterior. Além disso, as boas oportunidades de negócio que o evento gerou ajudaram a injetar novo ânimo na economia. O crescimento de 6% em área comercializada, em uma época de incertezas, simboliza a forma assertiva de negociar com o expositor, tornando a ExpoBento atrativa tanto para quem a faz quanto para quem aposta nela para alavancar as vendas. Os indicadores ainda não são definitivos – porque muitas delas são concretizadas no período pós-feira -, mas permitem afirmar com segurança o alcance da marca dos R$ 40 milhões projetados.
Some-se a isso a consolidação da feira enquanto programa de lazer e cultural para a comunidade. Ao todo, a programação teve quase 100 atrações entre shows musicais, apresentações de dança, teatro, humor e até do novo circo com o espetáculo Menorah. Passaram pelos três palcos – na Praça Gastronômica, na Praça Vinícolas e na Praça Variedades – e pelo Pavilhão E artistas locais – em uma valorização de talentos bento-gonçalvenses – e nomes como Tati Portela, Claus e Vanessa, Thedy Corrêa, Guri de Uruguaiana, Nei Van Soria e Oswaldir & Carlos Magrão, além da atração nacional Maiara & Maraisa.
Muito do sucesso do evento foi fruto do esforço da comissão organizadora em oferecer uma feira que dialogasse com os interesses de seu público, ou seja, opções diversas de compra com preços atrativos e lazer para a família. O cumprimento dessa proposta acarretou em resultados vistosos. O produtor rural Zair Ferrari, do interior de Carlos Barbosa, mostrava o sorriso em meio a queijos e salames no setor da agroindústria, segmento que teve sua participação na ExpoBento subsidiada pelo governo do Estado. “Está melhor do que minha expectativa. Já vendi mais do que no ano passado”, disse no sábado – com o domingo inteiro ainda pela frente para vender, ele já computava vendas superiores à de 2016 em 8%.
Feira múltipla com mais de 30 mil produtos oriundos de 450 expositores, a ExpoBento se mostrou produtiva até para quem apostou em itens com nicho de consumo bem específico. A Rollins Tattoo confessa que compareceu sem muita expectativa – e acabou se surpreendendo com a reação do público. O estande, logo na entrada da feira, atraiu o olhar dos curiosos e também daqueles que acabaram decidindo “levar” uma tatuagem para casa. “Foi ótimo, fizemos mais de 50 tatuagens”, disse o proprietário e tatuador Rodrigo Cenci Tedesco.
No setor de variedades, muitos comungavam da alegria de Ferrari. Daigor Bono Pedrolo, da malharia farroupilhense Caravaggio, comemorava os resultados, também superiores aos do ano passado. “Para nós, foi bem positivo. Com certeza estaremos de volta em 2018”, comentou o proprietário da empresa. Com duas lojas no setor de moda, a Carlize fez da feira uma grande vitrine para a marca, com uma unidade apostando na coleção de inverno da Anselmi e outra com os produtos tradicionais que comercializa. “Está dando resultado, cumpriu com nossa expectativa”, afirmou a proprietária, Elenir Bedin.
Feira também com perfil de negócios futuros, a ExpoBento serviu de esteio para encaminhar vendas de grande monta. No estande da Simpala, no Salão Automotivo, muitas das visitas já foram encaminhadas para a concessionária. “No nosso setor, é bom para fazermos prospecção de clientes, pois temos um produto de valor agregado muito grande. É importante estar aqui para divulgar a marca e expor os produtos”, salientou o gerente de vendas da Simpala, Fabiano Piazzetta.
Seja com negócios futuros, seja com comercializações imediatas, a ExpoBento construiu em seus 27 anos uma reputação de feira que dá certo para o expositor e para o visitante, que têm novo encontro marcado para 2018: de 7 a 17 de junho.
Promovida pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), consolida-se como expoente dos resultados positivos que se pode alcançar quando há trabalho colaborativo e comprometido. “Esse é um momento muito especial para o CIC-BG. Estamos diante do sucesso da ExpoBento, um dos produtos mais emblemáticos de nossa entidade, e sem dúvida um dos eventos mais expressivos para a cidade de Bento Gonçalves. Prova de que quando trabalhamos unidos por uma causa somos ainda mais fortes. Nosso compromisso deve ser com o futuro, com a continuidade dos projetos que beneficiam a comunidade – esse é nossa principal contribuição enquanto representantes de entidade”, avalia o presidente do CIC-BG, Laudir Miguel Piccoli.
Shows e espaços temáticos foram destaques no evento
A Praça Gastronômica foi o grande centro de lazer e convivência da ExpoBento 2017. Com infraestrutura para receber de bandas, artistas solo, shows de humor e apresentações teatrais, o espaço foi um dos mais celebrados pelo público, que, além da diversão, podia aliar isso com a boa gastronomia serrana. No espaço, sem custo extra além do ingresso de acesso à feira, o público pôde assistir a mais de 80 apresentações variadas, de abrangência regional e até mesmo nacional. Os cookshows do projeto Buona Forchetta, com 12 chefs que falaram de ingredientes tão distintos quanto hortaliça e codorna, também foram destaques no evento. Além disso, as degustações de vinho oferecidas também foi um aprendizado para os visitantes.
A tematização de espaços foi uma das apostas nesta edição. Com os 50 anos da Fenavinho comemorados neste ano, a ExpoBento prestou um tributo ao evento, provocando nostalgia naqueles que participaram de algumas das 15 edições da festa e ansiedade naqueles que aguardam por desfrutar do mundo de Baco no futuro. Já a mostra de casamentos Quer Casar Comigo? oportunizou, pela primeira vez na feira, o contato direto de noivas com fornecedores/prestadores de serviço àqueles que estão prestes a casar.
Ainda, a Agroindústria familiar esteve presente, oferecendo produtos frescos, mais saudáveis e com um toque de sabor caseiro. Biscoitos, geleias, queijos, pães e outros quitutes foram alguns dos itens comercializados. Além de preços em conta, o setor conta com a certeza da colaboração na cadeia produtiva regional, incrementando a geração de trabalho e renda e o desenvolvimento sustentável.

 

Simpósio comprova benefícios da uva e seus derivados em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Impacto das pesquisas apresentadas para o meio científico, setor e sociedade em geral foi avaliado CRÉDITO: GILMAR GOMES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Impacto das pesquisas apresentadas para o meio científico, setor e sociedade em geral foi avaliado CRÉDITO: GILMAR GOMES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O III Simpósio Internacional Vinho e Saúde encerrou-se no dia 3 de junho, comemorando a apresentação de pesquisas que reforçam que a uva e seus derivados – como o vinho e o suco 100% – trazem benefícios que vão além da nutrição, atuando na prevenção, proteção e combate a doenças que afligem o ser humano. Com a participação de cerca de 200 pessoas da comunidade científica, da saúde e do setor vitivinícola, e palestrantes de cinco países, a programação se iniciou no dia 1, na Fundação Casa das Artes, em Bento Gonçalves, e se encerrou com a mesa redonda Como a descoberta dos benefícios dos derivados da uva à saúde promove uma reação em cadeia? Ao final, os organizadores firmaram compromisso de retomar o evento daqui a três anos, possibilitando o desenvolvimento e apresentação de novos estudos ligados ao tema.
“Estamos descobrindo cada vez mais motivos para pesquisar esses produtos, não apenas por questões científicas, mas também por envolver aspectos econômicos e sociais. O suco e o vinho podem integrar estratégias para melhorar a saúde das pessoas”, resumiu a biomédica Caroline Dani, presidente do simpósio. Durante os três dias de programação, 12 palestrantes do Brasil e do Exterior (Estados Unidos, Espanha, França e Reino Unido) expuseram os avanços em pesquisas científicas ligadas ao câncer, a neuroproteção (memória), a obesidade, a flora intestinal, ao coração e ao desempenho de esportistas. O evento incluiu, ainda, três minicursos e apresentações de 52 trabalhos acadêmicos inéditos sobre a uva e seus derivados.
Estudos como os benefícios transgeracionais do consumo do suco de uva (que passam da mãe para os descendentes) na prevenção ao câncer de mama, apresentados de forma inédita por Caroline Dani; o papel do consumo moderado do vinho em uma dieta balanceada combinada com exercícios e seus benefícios ao coração, presente na pesquisa do Predimed/Dieta mediterrânea, feita pela especialista espanhola Rosa María Lamuela Raventós; os efeitos do vinho na flora intestinal e, por consequência, na imunidade e no favorecimento do metabolismo humano (Wine Flora), analisada pelo cardiologista do Instituto do Coração (Incor/São Paulo) Protásio Lemos da Luz, que estuda o tema há 18 anos; assim como a ingestão de champanhe e sua relação com efeitos neuroprotetores e de memória, encabeçada pelo pesquisador britânico David Vauzour, foram alguns dos destaques da programação.
Para o chefe-geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Uva e Vinho Mauro Zanus, investir nesse campo de investigação é a chave para a segurança e expansão da cadeia produtiva. “As informações interferem nas escolhas dos consumidores, provocando uma reação em cadeia. Os consumidores gostam de comer e beber aquilo que lhes faz bem”, avalia. Carlos Paviani, diretor de Relações Institucionais do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), acredita que os reflexos passam por diferentes etapas antes de atingirem especificamente os consumidores. “A reação em cadeia está ligada a três campos: científico, comunicação e socioeconômico. A pesquisa gera novas pesquisas, e eventos como esse geram novas perguntas; a comunicação apresenta todos os pontos de vista. Ela traduz os estudos levando ao entendimento do público; e essas pesquisas e suas divulgações ajudam a elevar o consumo dos produtos, possibilitando o consumidor a fazer melhor as suas escolhas”, completa.
“É absolutamente essencial essa interdisciplinaridade entre as áreas da saúde. Você não pode mais trabalhar sozinho. É preciso agregar pessoas que tenham competências diferentes, mas que possam ter o trabalho convergido para um só. A interdisciplinaridade é essencial na área da medicina”, pontua o presidente de honra do simpósio Protásio Lemos da Luz. O III Simpósio Internacional Vinho e Saúde foi uma realização do Ibravin, com apoio da Associação Brasileira de Enologia (ABE), da Embrapa Uva e Vinho, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – fundação do Ministério da Educação (MEC) – e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs).

 

ExpoBento é lançada levando otimismo aos negócios em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Evento se iniciou na última quinta-feira, dia 8, e segue com atrações até 18 de junho CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Evento se iniciou na última quinta-feira, dia 8, e segue com atrações até 18 de junho CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

A ExpoBento movimentou o fim de semana de Bento Gonçalves, demonstrando grandeza. Até o próximo dia 18, o Parque de Eventos apresentará um panorama da capacidade econômica da cidade, com seus mais de 450 expositores das áreas da indústria, comércio e serviços. Não por acaso, ostenta o título de maior feira multissetorial do País: esses empreendedores mostrarão cerca de 30 mil produtos. As possibilidades são tão amplas que o visitante pode sair de lá com um carro ou um vestido de noiva, um imóvel ou uma peça qualquer de vestuário, itens de agroindústria ou bijuterias; ou pode ir para a ExpoBento apenas para curtir uma das mais de 80 apresentações artísticas – música, teatro, dança, humor -, entre elas o show de Maiara e Maraísa, que acontece hoje, para desfrutar do espaço gastronômico.
Neste ano, a ExpoBento espera receber 200 mil visitantes nos seus 11 dias de programação, público que deve movimentar cifras na ordem de R$ 40 milhões. Além dos números que ajudam a expressar seu tamanho, a 27ª edição deve ser lembrada como a ExpoBento da superação. Mesmo diante de um cenário econômico ainda incerto, a feira conseguiu crescer 6% em área comercializada, uma demonstração de sua importância para a economia da cidade. “A ExpoBento é uma feira para todos os públicos, mas, acima de tudo, é um encontro de negócios. Os empresários sabem que a consolidação da ExpoBento é convidativa para expor, pois as chances de comercialização são muito grandes, e eles têm confiança para investir aqui mesmo diante da crise”, argumenta o diretor de comercialização, José Zortea.
Além de aquecer a economia da cidade, a ExpoBento se transforma em uma central de empregos durante as semanas que envolvem a feira. Estima-se que, contando os períodos de montagem e desmontagem, além dos dias de realização, a feira gere 2,5 mil empregos diretos e indiretos. “É um período do ano muito bom para Bento Gonçalves. A ExpoBento consegue não apenas injetar recursos na nossa economia, mas também injeta ânimo para o empresariado seguir adiante”, diz Laudir Piccoli, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC), entidade promotora.
Entre as novidades desta edição, a ExpoBento conta com a mostra voltada ao mercado de casamentos Quer Casar Comigo? Até o dia 13 de junho, de cerimonialistas a buffets, de estilistas/alfaiates a agências de viagens, passando por fotógrafos e salões de beleza, mostrarão seus serviços no Pavilhão F. A programação inclui uma palestra com a jornalista Gabi Chanas, do blog noivas.com, que ocorre hoje; desfiles de vestidos de noiva e de trajes para noivos; workshop sobre cortes e penteados; e talk-show com fotógrafos.
Outra atração simultânea é o Salão Fenavinho. De 15 a 18 de junho, também no Pavilhão F, os 50 anos da festa serão lembrados com exposição de vestidos das soberanas, filme sobre cada edição da Fenavinho, cantorias e jogos típicos dos imigrantes italianos. Já os amantes da gastronomia têm lugar cativo no Buona Forchetta, espaço com winebar e degustações variadas, além do Food Truck Destemperados e aulas com chefs da região e de fora do Estado. A ExpoBento também terá o tradicional MotoSerra, entre os dias 16 e 18 de junho, no Pavilhão E, os já conhecidos Salão do Imóvel e Salão Automotivo, o Espaço Kids, desfiles de moda, praça gastronômica e produtos de vinícolas e agroindústria.
Quem visitar a ExpoBento nesta semana vai aproveitar uma série de atrações especiais. Para curtir o Dia dos Namorados, o show da dupla Maiara e Maraisa é uma ótima pedida para hoje. Amanhã, um dos destaques é o workshow Soluções Criativas, com Thedy Corrêa. A quarta-feira tem apresentação da Invernada Os Gaudérios e da banda Sunset Riders. Na quinta-feira, feriado, será possível conferir apresentações teatrais e o espetáculo circense Menorah durante a tarde e, à noite, o stand up do Guri de Uruguaiana, entre outras atrações permanentes que ocorrem na Praça Gastronômica.

 

Expositores da ExpoBento participam de qualificação em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Palestra O vendedor de emoções foi proferida pelo vice-diretor de Marketing da feira, Anderson Pereto CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Palestra O vendedor de emoções foi proferida pelo vice-diretor de Marketing da feira, Anderson Pereto CRÉDITO: EXATA COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

O sucesso nos negócios para os expositores da 27ª edição da ExpoBento começou a ganhar formas concretas na noite de 25 de maio, quando eles assistiram à palestra O vendedor de emoções, realizada no Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG). Proferida pelo vice-diretor de Marketing da feira Anderson Pereto, a conversa apresentou aos empresários dicas para extrair ao máximo a potencialidade de vendas na feira, que vai de 8 a 18 de junho, no Parque de Eventos.
O trainer de vendedores abordou assuntos como as razões que levam o consumidor a comprar e quais soluções os clientes esperam que sejam apresentadas para suas necessidades. Um dos pontos destacados foi a importância de os expositores observarem detalhes importantes, como o cuidado com a imagem da loja e a apresentação dos produtos, pois são fatores que chamam a atenção. “Em uma feira onde os estandes são muitos – e um bastante próximo do outro -, o lojista precisa usar da criatividade para se destacar. Uma loja com apelo visual atraente, produtos bem expostos e com circulação organizada sai na frente”, disse Pereto.
De caráter técnico, a conversa também tratou das fases do processo de vendas, observando os aspectos emocionais entre cliente e vendedor, muitas vezes determinantes na concretização da venda. Para o especialista, “ler” o tipo de cliente é fundamental para que a venda ganhe mais chances de ser concretizada. “É importante entender que não existe padronização. Cada cliente é um cliente, com histórias diferentes uns dos outros”, ensinou Pereto, que também é empresário varejista, com formação em Publicidade e pós-graduação em Gestão Estratégica de Marketing.
Conhecer o mercado e seus atores – público, produtos, necessidades etc. – também é fundamental para obter sucesso na feira ou em qualquer ambiente que exista um relacionamento entre empresa e cliente. Essa é uma grande ferramenta para, diante do cada vez mais exigente consumidor, sobressair-se no competitivo mundo dos negócios. “Tudo que envolve os aspectos do ambiente do varejo deve ser percebido: exposição dos produtos, mobiliário, iluminação, decoração. Não esqueça que é importante também mostrar o valor de seu produto: o cliente precisa saber que terá retorno de seu investimento”, enumerou.
Pereto também compartilhou com expositores orientações para extrair ao máximo as chances que uma feira como a ExpoBento oportuniza. A principal delas foi lembrar que, ao ter o estande visitado, o expositor precisa ser cordial e deixar o cliente à vontade, assim ele permanece por mais tempo na loja, aumentando sua chance de comprar. Ainda, salientou que a venda de itens adicionais pode ser ofertada após ser atendida a real necessidade que levou o cliente ao estabelecimento, sempre observando para que seja algo complementar ao seu desejo de compra. Ele também apontou a diferença no atendimento dos fins de semana em relação aos dias de semana. “Você deve estar preparado para a multidão, para o autoatendimento típico dos sábados, domingos e feriados. Aproveite os dias de semana para atendimentos mais personalizados, com possibilidade de venda de mais itens”, falou Pereto.
Além de oportunidade para os empresários terem chance de melhorarem os resultados, a palestra foi uma forma de demonstrar que a feira está junto do expositor em todas as etapas do evento. “Queremos que o investimento do expositor na ExpoBento seja tão satisfatório quanto é para nós a realização dessa feira”, comentou o diretor de Comercialização da ExpoBento José Carlos Zortea.

 

Espetáculo Menorah levará cores e acrobacias para a ExpoBento, em Bento Gonçalves

Município: Bento Gonçalves

Cia. Sorriso com Arte, de Santa Maria, se apresenta no dia 15 de junho CRÉDITO: JULIANO MENDES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Cia. Sorriso com Arte, de Santa Maria, se apresenta no dia 15 de junho CRÉDITO: JULIANO MENDES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Diversificar as atrações artísticas oferecidas durante a ExpoBento, que ocorre de 8 a 18 de junho, no parque de eventos, foi a meta da equipe de organização da feira neste ano. Uma das novidades programadas para a 27ª edição é a passagem do aplaudido espetáculo Menorah por Bento Gonçalves, com técnicas do novo circo e voltado para toda a família, a ser apresentado no dia 15, na praça gastronômica da ExpoBento.
Reformulado há cinco meses, Menorah é um número híbrido de teatro, dança e arte circense da Cia. Sorriso com Arte, de Santa Maria, que coloca à prova os limites do corpo em um cenário exuberante de cores e brilhos, feito um reinado de fantasias. Clowns, malabares, contorcionistas e equilibristas se mesclam a sessões de pirofagia e acrobacias aéreas, nas quais os artistas voam sobre o palco num misto de movimentos de força, graciosidade e sincronia. Um dos novos elementos acrescentados à reforma do espetáculo foi a inclusão da Banda Sorriso com Arte – composta pela cantora Daiane Diniz e por outros quatro músicos -, com canções autorais executadas ao vivo, potencializando a dramaticidade da montagem. Menorah, um dos principais símbolos do judaísmo, significa lamparina, em hebraico – o candelabro de sete braços é muito utilizado nos cerimoniais religiosos dos judeus. “Escolhemos esse nome por trazer para o palco a luz como sopro do ciclo da vida”, diz a diretora artística da companhia, Karine Pissutti.
Em Bento Gonçalves, o número será ajustado a fim de se acomodar ao palco da praça gastronômica, mas nada que comprometa o exercício de perícia dos atores. Concebido em 2015, Menorah é um dos dois espetáculos em circulação da companhia santa-mariense, criada em 2002 como um centro de oficinas de dança. Foi com ele que a equipe, composta por 21 pessoas entre artistas e corpo técnico, excursionou recentemente pelo País, com passagens por Turvo (Santa Catarina), Alta Floresta (Mato Grosso) e São Paulo. A Cia. Sorriso com Arte, além de se apresentar por diversos estados brasileiros, já mostrou sua performance na Argentina, no Uruguai e no Chile.
Criar uma grade de programação que agregue entretenimento e lazer aos visitantes da ExpoBento, com qualidade artística e mantendo preços módicos, foi o desafio do diretor de Eventos da ExpoBento, Leocir Glowacki. “Trabalhamos para trazer atrações ricas, diversificadas e que possam ser contempladas por toda família, sem custo extra, só pelo valor de ingresso ao acesso à feira. Isso nos permite contribuir de forma muito relevante com a comunidade de Bento Gonçalves e, também, pessoas de toda a região, que podem aproveitar, de modo acessível, opções saudáveis de lazer”, comenta.